BATE PRONTO 65

Mais uma coluna à disposição dos leitores do Alagoinhas Hoje com informações sobre bastidores da política municipal, cheia de novidades e embates quase sigilosos, próprios de alguns detentores de mandatos eletivos. Em público, dizem certas coisas como se elas fossem críveis. Longe da imprensa e dos holofotes, agem visando manter privilégios e sinecuras para seus apaniguados. Nosso compromisso é com a informação. Doa a quem doer. Até a próxima coluna.

Elmar

Soma Zero I

A presença do diretor-geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Elmar Mendes, na sessão da Câmara de Vereadores de ontem (7), que gerou tanta expectativa, resultou em soma zero e nada acrescentou de importante para a sociedade alagoinhense. Mendes, desta vez, pareceu mais uma persona, exercendo papel teatral que o momento exigia. Ficou para lá de caricato e não conseguiu convencer aos mais críticos.

Soma Zero II

Em mais uma oportunidade, comprovou-se a baixa capacidade de inquirição da maioria dos vereadores de Alagoinhas. Com raríssimas e honrosas exceções, os edis alagoinhenses não souberam fazer questionamentos ao diretor-geral do SAAE e se perderam em elogios fartos àquele a quem deveriam dirigir perguntas objetivas para esclarecer situações que prejudicam os clientes da autarquia. Muito tempo e recursos perdidos.

Soma Zero III

Com conversas de pé de ouvido, o secretário de Governo da Prefeitura de Alagoinhas, João Rabelo, esteve na sessão de ontem desde o seu início e transitou bastante pelo plenário. Mais contido e sentado na platéia, o secretário de Relações Institucionais, Vilno Araújo, apenas fazia anotações. O governo mobilizou dois importantes secretários para acompanhar os esclarecimentos do gestor do SAAE. Estava com medo de algum deslize?

Soma Zero IV

O vereador Gilson Guimarães, líder do governo e defensor intransigente da atual gestão do SAAE, disse que se João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, tivesse levado tantos papéis quanto Elmar não teria sido preso. Ninguém entendeu nada.

Soma Zero V

Nas redes sociais, o vereador petista Radiovaldo Costa, logo após o término da sessão de ontem, tentou passar a imagem de temperatura elevada no debate com o gestor do SAAE. Nem ele, opositor ferrenho do governo Paulo Cezar, conseguiu inquirir Elmar Mendes como deveria. Passou uma manteiga de ótima qualidade e perdeu a oportunidade de solicitar esclarecimentos ao diretor da autarquia.

Misancene

A sessão de ontem  da Câmara de Vereadores passará para os anais da história como verdadeira mise en scéne, expressão francesa “abrasileirada” no título desta nota, que  está voltada para as artes teatrais e cinematográficas.  Quantos atores (da maioria) para a encenação de uma ópera bufa.  E pior: pagos  com dinheiro dos contribuintes de Alagoinhas.

AVSI Brasil

Antes da fala do gestor do SAAE, os vereadores aprovaram em dois turnos, com votos da oposição, o projeto  de subvenções sociais no qual está incluída a ONG AVSI Brasil, instituição que planeja realizar diagnóstico social em duas localidades do bairro de Alagoinhas Velha. Os recursos estão na conta da Prefeitura de Alagoinhas desde março e o trabalho, para começar, dependia de autorização legislativa. Uma fonte do Alagoinhas Hoje disse que a conversa entre a base de sustentação da administração e os operadores políticos do governo sobre a AVSI não foi nada amistosa. Há mais do que aviões de carreira no ar. Na votação, muitos vereadores situacionistas estavam com as caras amarradas e aprovaram o projeto com evidente má vontade.

SEMAG I

Escolhido pelo grupo do deputado federal Paulo Azi para assumir a Secretaria Municipal de Agricultura, o vereador Jorge da Farinha só aceita a nomeação após sessão de despedida do legislativo com os salamaleques de praxe. Mas existem outros entraves: o grupo do deputado Azi exige porteira fechada e não aceita a manutenção de pessoas que ocupam cargos comissionados na pasta. O vereador Jenser Souza, ex-titular da SEMAG, que propala sua independência política, impõe a continuidade de duas correligionárias na secretaria. O governo está em um verdadeiro imbróglio.

SEMAG II

Secretário interino, Márcio Gomes, que faz um bom trabalho à frente da pasta, não continuará na SEMAG. O governo busca outro cargo comissionado para abrigá-lo. Existem algumas opções para Gomes.  

Audiência I

O secretário de Serviços Públicos, Harnoldo Azi, porta-voz do grupo do deputado federal Paulo Azi, informou hoje no Programa Primeira Mão, ancorado por Haroldo Azi, que o primo de ambos, agendou para segunda-feira audiência do prefeito Paulo Cezar com o vice-presidente da República Michel Temer, investido de poderes de operador político do governo federal. Com evidente intenção de capitalizar politicamente a ação do deputado, Harnoldo falou dos compromissos de Paulo Azi com Alagoinhas e região. 

Audiência II

Além da fleuma, o que o vice-presidente pode oferecer para Alagoinhas? Melhor seria uma audiência com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que travou a liberação dos recursos da CAF. A conversa do prefeito de Salvador, ACM Neto, com o vice-presidente, em Brasília, na semana passada, facilitou esta aproximação entre Temer, Azi e Paulo Cezar? A falta de um deputado federal situacionista para chamar de seu custará muito caro ao prefeito de Alagoinhas. Sem este apoio em Brasília, o alcaide terá que se valer da movimentação do deputado azista/demista, opositor ferrenho aos governos estadual e federal. Ambos petistas, frise-se.

Audiência III

No afã de publicizar uma ação do deputado Paulo Azi, Harnoldo Azi adiantou  informação que caberia divulgar, por prudência, após o encontro com o vice-presidente da República. Não caiu bem em alguns setores do governo municipal a pressa do titular da SESEP.

Operação 13 de Maio I

Na próxima semana, a Operação 13 de Maio completa o primeiro aniversário e alguns investigados, a exemplo do “empresário” Altino Junior, não têm o que comemorar, apesar da grande morosidade da Polícia Federal para desvendar os meandros dos desvios de recursos federais em prefeituras do interior da Bahia. Três veículos de Altino apreendidos no ano passado continuam em posse da PF. Sem prazo para devolução.

Operação 13 de Maio II

O Alagoinhas Hoje reproduzirá na próxima quarta-feira a série de reportagens que publicou em 2014 sobre a Operação 13 de Maio. Alagoinhas possui um privilégio às avessas: tem “empresários” envolvidos na Operação 13 de Maio e na Operação Lava Jato. 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje