BATE PRONTO 61

Mais uma edição da coluna à disposição dos leitores do Alagoinhas Hoje. Como sempre, informações de bastidores da política e o que anda acontecendo no “breu das tocas” (algo tão ao gosto da maioria daqueles que estão no exercício de cargos eletivos e de funções públicas comissionadas, aliás, bastante bem remuneradas para o que se produz, com exceções, é verdade). Até a próxima coluna.

Ausências I

Os vereadores Jenser Souza (PMDB) e Radiovaldo Costa (PT) foram os ausentes na solenidade de abertura dos trabalhos da Câmara de Vereadores de Alagoinhas. O mais estranho é quem ambos estavam na Casa, mas não ocuparam suas confortáveis poltronas no plenário. Coisa esquisita. Mesmo que considerassem antecipadamente como verdadeiro “bolodório” a mensagem do prefeito, os dois deveriam ter obedecido o protocolo e comparecido ao plenário. Democracia é isso. Ademais, a política tem bônus e ônus.

Ausências II

Poucos secretários municipais estiveram na Câmara de Vereadores. Mais ausências do que presenças. Registrados os comparecimentos de Reginaldo Paiva, Renato Almeida, Rannyery Miranda, Roberto Costa, João Rabelo e Sidney Costa. O vice-prefeito Geraldo Almeida também esteve no legislativo para ouvir a leitura da mensagem do prefeito.

Presença I

Quem transitou tranquilamente nas dependências do legislativo foi o ex-vereador Luiz Sérgio Memo (PMDB), que exerceu o mandato na condição de suplente nos últimos dois anos. Sem chances de voltar à Casa, Memo estaria articulando uma nomeação na Secretaria Municipal de Agricultura.

Presença II

Um notório lobista, com atuação em alguns setores da vida política baiana, também transitou ontem na Câmara de Vereadores. Nunca foi visto por lá. Quais seus interesses?  Não são conhecidos. Mas certamente está buscando vantagens. Olhos abertos, presidente.  

Energia

Já estamos chegando ao final de fevereiro e a COELBA, que garantiu mais disponibilidade de energia para Alagoinhas, não se pronunciou sobre as obras de ampliação de energia ao parque industrial da cidade. Em tempos de crise, com previsão de baixos investimentos, não se pode perder oportunidade. Energia é um insumo fundamental. E sua falta um grande complicador.

Mais calma

Os correligionários do médico Joaquim Neto precisam ter mais calma. Ansiedade em política é um grande complicador. Alguns acham que o ex-prefeito de Sátiro Dias será o “cara” na eleição municipal do próximo ano. Outros, ainda mais entusiasmados, garantem que ele ganhará a disputa. Falta apenas um detalhe: combinar com o povo de Alagoinhas.

Terceirização

Verdadeiras caixas pretas, os contratos de terceirização do governo do estado são uma vergonha total e demonstram, no mínimo, falta de gestão. Para registrar apenas o possível e visível. Contratos milionários, trabalhadores em penúria. E assim caminha o governo do estado, incapaz de resolver a questão, que se arrastou no segundo mandato de Jaques Wagner e entrou pela administração de Rui Costa.

Mensagem

Os autores da mensagem lida pelo prefeito Paulo Cezar na abertura oficial dos trabalhos da Câmara de Vereadores deveriam ter sido mais econômicos e modestos. Registraram informações não condizentes com a realidade. A cidade da mensagem é linda. O município do dia a dia precisa de muito trabalho para se transformar naquilo que foi indicado no texto apresentado aos vereadores e à sociedade alagoinhense. Coisas da política.

Aliança

Aliados dos dois lados admitem que a aliança Paulo Cezar e Paulo Azi pode ter prazo de validade. Em público, ninguém quer falar pelo alto teor explosivo que qualquer declaração teria. Melhor emudecer por enquanto, esperando os cenários se definirem. O que deve acontecer até o final de 2015 ou no primeiro trimestre de 2016.

Releases

A Secretaria Estadual de Comunicação “entope” os endereços eletrônicos dos sites do interior com releases, muitos deles sem qualquer relevância. A regionalização das informações deveria ser o caminho para melhorar a comunicação governamental. Querem via de mão única. Publicações à mancheia e nenhuma perspectiva de investimento nos principais veículos de internet das maiores cidades dos territórios de identidade da Bahia.

SEMAG

Estão fervilhando os bastidores sobre quem será o futuro titular da Secretaria de Agricultura em tempos de interinidade de Márcio (da Linha Verde) Gomes. Há opiniões para todos os gostos, cores e sabores. Articulações, pressões e contrapressões. A cada dia, um novo capítulo. A novela poderá ter um THE END feliz para uns e nem tanto para outros. Melhor aguardar as próximas cenas da ópera (bufa) semaguista

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje