BATE PRONTO 23

A coluna rapidamente avança em termos numéricos e já atinge sua vigésima terceira edição, com notas dos acontecimentos de hoje na Câmara de Vereadores e do dia a dia da cidade, que tem uma característica marcante: discutir os temas relativos à política ao longo dos 365 dias de cada ano, com muita paixão e, às vezes, sem qualquer racionalidade.

Cabe aos meios de comunicação tratar as notícias com mais razão e menos emoção.

Boa leitura.

Contas I

A Câmara de Vereadores aprovou na sessão de hoje as contas da administração municipal de 2011. O placar: 14 x 2. Apenas os vereadores Luciano Sérgio e Radiovaldo Costa, ambos do PT, votaram contra o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios que opinou pela aprovação, mesmo com diversas ressalvas.

Contas II

O vereador Luciano Sérgio citou alguns problemas das contas: licitações sem os devidos processos anexados, falta de balancetes contábeis e gastos sem a comprovação legal.

Contas III

Radiovaldo Costa afirmou que o TCM faz análises superficiais das contas das prefeituras e das câmaras e usa pesos diferentes para avaliar o Executivo e o Legislativo. Ele se posicionou contrariamente à reprovação das contas do ex-presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Gonçalves, mais conhecido como Jorge da Farinha.

Contas IV

Costa disse que encontrou um erro nas contas da administração municipal em relação ao pagamento – sem licitação – de R$280 mil na micareta de 2011. A constatação do fato acabou gerando uma multa de R$ 7 mil ao prefeito Paulo Cezar. O TCM não havia encontrado o erro.

Contas V

O vereador José Edésio (PDT) disse que a Casa julga as contas politicamente e o TCM faz análises técnicas. Ele defendeu a aprovação das contas de 2011 e afirmou que a maioria prevaleceria. E prevaleceu.

Contas VI

Antônio Carlos Almeida (Cabeça), vereador de primeiro mandato, que em tese perfila-se na oposição, votou pela aprovação das contas do prefeito Paulo Cezar.

Projetos I

Com o objetivo de “limpar a pauta”, a Câmara de Vereadores votou hoje mais de uma dezena de projetos. Alguns deles não foram lidos na íntegra pelo primeiro secretário, que se ateve apenas ao cabeçalho, mas mesmo desta forma ligeira, tal qual um corredor de 1oo metros, a aprovação foi tranquila, inclusive com os votos dos vereadores de oposição.

Projetos II

Dentre os projetos aprovados estão o estabelecimento do Dia Municipal de Conscientização do Autismo e a criação do Sistema Municipal de Cultura. Alguns projetos não têm a mínima possibilidade de aplicação prática. Mas os vereadores, exercendo o espírito de corpo, aprovaram assim mesmo. Desta maneira, agradaram os colegas que propuseram os projetos. E todos ficam bem.

Manobra

Enquanto a prefeitura começava a derrubada das árvores no centro da cidade, hoje pela manhã, a Secretaria de Comunicação noticiou no site oficial da prefeitura o plantio de 150 mudas de palmeira em diversas localidades do município. Muita coincidência ou manobra diversionista?

Estressado

O vice-prefeito Geraldo Almeida (PP) continua estressado com as críticas do Alagoinhas Hoje ao secretário de Educação, Caio Castro, e e resolveu investigar na tentativa (infrutífera) de identificar as fontes do site na administração, no entorno do Paço Municipal ou mesmo fora do governo. Dará com os burros n´água, porque não existe uma única fonte no governo. São várias. Viva o fogo amigo (?).

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje