BATE PRONTO 112

A antológica frase do escritor português Eça de Queirós – “Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo” –  resume a capacidade de muitos deles fazerem…………Em Alagoinhas, os políticos também demonstram esta  “habilidade”. Até a próxima coluna. 

EÇA 1

Filadelfo I

Os impropérios que eram dirigidos por Filadelfo Neto (PTN) ao prefeito Paulo Cezar (PDT) são impublicáveis. Delfinho e o chefe do Executivo relevaram o passado e estão juntos de novo na tentativa de ganhar a eleição majoritária. Com seu corpanzil e as derrotas ao longo dos últimos 26 anos (a última vitória foi em 1986, quando renovou o mandato de deputado estadual), FN é um vice difícil de carregar.

Filadelfo II

A família Paolilo, cheia de analistas políticos, não conseguiu perceber que a aliança com Sônia Fontes (PSB) é, na verdade, uma versão repaginada, sem nenhum brilho, de novo capítulo no relacionamento político com Paulo Cezar, antigo empregado de Filadelfo Neto. Paulo Cezar, em várias oportunidades, execrou publicamente as famílias tradicionais de Alagoinhas, cuja genealogia Paolilo é uma das mais conhecidas e reconhecidas pela postura íntegra de João Paolilo, o patriarca nonagenário. Vale a pena ver de novo, Delfinho? 

Santo?

O vereador Carlos Renan de Jesus Santos (PHS) de bobo não tem nada, apesar de carregar em seu nome  referência a Jesus Cristo e aos Santos. Indícios levam a crer que ele participou da manobra para retirar o partido do raio de ação de Radiovaldo Costa (Rede) e jogá-lo no colo de Sônia Fontes. Está agindo como se fosse Santo, mas o “pau oco” não o deixa em posição confortável com os ex-aliados, mesmo ele querendo tangenciar a verdade com alguma teatralidade (de quinta categoria).

Vice

Saber o nome do vice da chapa do PT está mais difícil do que ganhar na Mega-Sena. Maiores dificuldades estão enfrentando os operadores políticos municipais da legenda visando encontrar um bom nome para compor a chapa majoritária com o deputado estadual Joseildo Ramos.  O empresário Barreto Góes (PEN), muito falado nos últimos dias, está fora do páreo por decisão pessoal e familiar. Góes agregaria peso à chapa e abriria frentes onde Joseildo é repelido.

Candidato

O ex-vereador Dimas Campos será candidato ao legislativo municipal. Vamos ver se os votos que diz ter transferido em outras eleições pingarão nas urnas para garantir uma cadeira no parlamento alagoinhense.

“Insenção”

A isenção é tanta que tem gente prometendo fazer a cobertura da eleição municipal com “insenção”. O pugilato com a língua portuguesa dá bem a medida da competência dos neófitos. E ainda pensam que entendem de política. Pobres leitores.

Coerência

Caros leitores, não esperem coerência dos políticos e mesmo daqueles que se acham políticos (estes são piores, porque pensam ter o que não têm). As alianças mais improváveis poderão acontecer em Alagoinhas. 

SAAE

Clima tenso no SAAE após publicação de matéria do Alagoinhas Hoje, com documento da Coelba, que confirma o débito da empresa e nenhuma conta mensal paga pelo atual gestor da autarquia. O fornecimento de energia, na verdade, está sendo, momentaneamente, gratuito.

Não é “Campeão”

Jorge Campeão, o “Fantasma do SAAE”, disse a um interlocutor que havia entrado em contato com o editor do site para reparar informação sobre sua nomeação. Ele não fez contato, obviamente por não ter argumentos que justifiquem o direito de resposta. Além de ser “Fantasma”, Campeão não é amante da verdade.

Seletivo

O diretor do SAAE, Caio Castro, demonstra ser seletivo do ponto de vista midiático. Contestou denúncias do vereador Jenser Souza sobre supostas dificuldades interpostas ao trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores que investiga a empresa. Entretanto, acerca da nomeação de “Campeão” (e suas atribuições) e o débito com a Coelba nenhuma linha.

CPI

Relator da CPI do SAAE, o vereador Jenser Souza (Rede) contestou argumento do diretor do SAAE quanto à disponibilização de uma sala na autarquia para os membros da CPI: “Estamos investigando, por isso o trabalho não deve e não pode ser realizado nas instalações da empresa. A obrigação do gestor do SAAE é fornecer os documentos solicitados, respeitando, de fato, a autonomia da CPI. Nós, vereadores da comissão, é que escolhemos onde vamos trabalhar”.  

Agricultura

Até hoje não são conhecidas as realizações de Almir Silva (PSL), secretário municipal de Agricultura, alçado ao primeiro escalão cezista após aliança eleitoral. Seria mais uma sinecura ao modo paulocezista?

Sonho

O PT continua acalentando o sonho de ter Radiovaldo Costa (Rede) como companheiro eleitoral. Quando era companheiro, de verdade, foi espezinhado. Agora, alguns o querem de volta. O retorno às hostes petistas seria verdadeiro seppuku, mais conhecido no Ocidente como haraquiri (refere-se ao ritual suicida japonês reservado à classe guerreira, principalmente samurai, em que ocorre o suicídio por esventramento. Fonte: Wikipédia).

Suicídio

Alinhamento político com o PT, na condição de vice, seria o suicídio político de Radiovaldo Costa. Melhor manter a candidatura e disputar a eleição. Mesmo perdendo, sairá do pleito maior do que entrou. No PT, ele nunca seria candidato majoritário. 

Dupla personalidade?

O presidente municipal do PR, Márcio Gomes, mais conhecido como Márcio da Linha Verde, e o radialista Aílton Borges, âncora do programa Digital News, sabidamente não são a mesma pessoa. Aviso recebido pelo editor do AH: “Seu amigo Márcio Gomes está no Instagram”. No perfil, a foto de Aílton Borges. Caso de dupla personalidade? Ver o perfil de MG com a foto de AB (ou vice-versa) é caso hilário. No mínimo. 

Prova dos nove

Para que sua candidatura tenha condições de gerar estabilidade entre correligionários e apoiadores, Joaquim Neto (DEM) terá que demonstrar irrefutavelmente possuir as condições legais de disputar a Prefeitura de Alagoinhas. Sem a prova dos nove, a instabilidade será a tônica em momentos cruciais do embate eleitoral. Reversão de expectativas é o pior que poderia acontecer agora. 

Nova fase

A partir de 1º de setembro, a Nova AM 1.240 entrará em nova fase. O empresário Barreto Góes, proprietário da emissora, reassumirá a direção e pretende mexer na programação. Mais jornalismo e defesa dos interesses da coletividade alagoinhense. A emissora migrará de AM para FM. 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje