BATE PRONTO 110

As eleições deste ano transcorrerão sob nova legislação, que engessou as campanhas e criou grandes dificuldades para os profissionais de marketing político. E mais ainda: o desinteresse dos cidadãos, que sempre foi grande, ganhou proporções gigantescas. Até o próxima coluna. 

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016

Eleitores I

Nas avaliações de pesquisas nota-se que os eleitores ainda estão distantes das disputas políticas. No geral, as rejeições são altas e as desaprovações atingem grande parte dos candidatos majoritários. Os escândalos dos últimos anos podem explicar, de certa forma, o distanciamento da sociedade dos embates eleitorais.

Eleitores I

É quase uma regra nas eleições brasileiras: os eleitores só começam a se interessar pelas disputas após o início dos programas de rádio e TV. Neste ano, serão 35 dias de propaganda política, com início previsto para final de agosto.

Amor I

É “comovente” perceber o amor da pré-candidata Sônia Fontes ao município. Sua comunicação tem ressaltando no Facebook a identificação amorosa da ex-secretária de Infraestrutura com Alagoinhas. Quem está à frente da coordenação da pré-campanha não entende nada de marketing político: o discurso soa falso e distante do temperamento nada amoroso de Sônia Fontes.

Amor II

Basta perguntar aos que trabalharam com Sônia Fontes nos últimos anos: Ela é amorosa ou ríspida? Quem cravar a segunda opção acertará. Profissionais de comunicação e de marketing que não sabem o que é dissonância cognitiva estão fadados ao fracasso.

Processos

Por intermédio do WhatsApp do Alagoinhas Hoje chegaram vários comunicados sobre possíveis processos judiciais por conta da divulgação de nomes nas matérias sobre o Minha Casa, Minha Vida. Tem gente que esqueceu uma “coisinha” básica: a lista é pública. Ameaças não funcionam, não importando os escalões de onde elas se originaram.

Gincana I

A Gincana Cultural de Alagoinhas Velha ficará sem os valores das emendas dos vereadores. Existem impedimentos legais que não haviam sido percebidos. Alguém com juízo e entendimento jurídico avaliou que não se pode fazer farra com dinheiro público em ano eleitoral. As emendas serão direcionadas para áreas mais necessitadas.

Gincana II

A coluna continua esperando informações detalhadas sobre os nomes dos vereadores que destinaram recursos (e os respectivos valores) para a Gincana Cultural de Alagoinhas Velha. A sociedade tem o direito de saber aquilo que os vereadores fazem com o dinheiro público. Será preciso acionar os mecanismos da lei de acesso às informações públicas?

Paulo Cezar I

Ninguém duvida da utilização da máquina pública pelo prefeito Paulo Cezar na disputa eleitoral. O caso da Biosanear, empresa responsável pela coleta de lixo em Alagoinhas, é emblemático e indica a falta de medidas do alcaide, que tal como Dilma Rousseff, poderá fazer o diabo para ganhar a eleição.

Paulo Cezar II

Para os leitores que não tiveram oportunidade de ver o vídeo do evento no espaço da Biosanear: o prefeito garantiu a continuidade da empresa no próximo governo. Nas entrelinhas, implicitamente ou quase explicitamente, disse: trabalhadores votem em Sônia Fontes e mantenham seus empregos. Parafraseando o velho Otávio Mangabeira: pense em um absurdo, Alagoinhas tem todos os precedentes.

PTdoB

O ex-vereador José Alfredo Menezes deverá deixar a presidência do PTdoB em Alagoinhas. Sob nova direção na Bahia, a sigla trilhará caminhos mais enriquecedores. Em Alagoinhas, provavelmente, o PTdoB pousará no ninho prá lá de amoroso de Sônia Fontes graças à amorosidade do prefeito Paulo Cezar.

PR

No bailado, neste dia (20) em que as convenções já podem ser realizadas, o Partido da República (PR) caminha na direção de Sônia Fontes. O grupo dos cinco partidos que lá atrás lançou a pré-candidatura do radialista Aílton Borges à Prefeitura de Alagoinhas não passou de balela. Estratégia basiquinha que não funcionou.

PCdoB

Como antecipado pelo site, o PCdoB caminhará com Joseildo Ramos (PT). Nada de novo no front, apesar das negativas da direção local, que contestou informação publicada há dois meses. A opção era óbvia e o Alagoinhas Hoje acertou mais uma vez. Quem conhece a política local sabia que o PCdoB se aliaria ao PT.

Loura

O ex-deputado Filadelfo Neto, no frescor de seus 65 anos, está parecendo uma loura estonteante, 1,80 de altura, olhos verdes…….. Todo mundo quer namorá-lo. O problema será explicar as razões da aliança com determinados grupos políticos. Principalmente para quem dizia não abrir mão da cabeça da chapa. O sonho de Delfinho governar Alagoinhas foi para Netuno. Mais uma vez. 

Balaio

A política em Alagoinhas (não é um privilégio às avessas) se transformou em verdadeiro balaio de gatos. Pode mais que tem mais $$$$$. Cabos eleitorais, apesar das dificuldades de recursos, querem arrumar a vida. E tem gente bancando mordomias. Até um religioso entrou no samba dos cifrões e teria levado R$35 mil. 

Distância

O deputado federal Paulo Azi (DEM) vem mantendo distância regulamentar da pré-campanha local. Estratégia ou muitas ocupações no mundo da “grande política”? Enquanto isso, o prefeito Paulo Cezar desce o malho no “homem dos olhos azuis”. Só agora PC atentou para a cor dos olhos de PA? Neste caso, já não há amor nenhum.

Mandato

Político, ao contrário do que afirmou Paulo Cezar, não tira o mandato de outro político. Os eleitores é que têm este poder, porque são juízes de todos os detentores de cargos eletivos. Mais uma vez, PC escorregou no script

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje