Tarso Genro diz que 80% do conteúdo de rádio e TV deveria sair do ar

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), defendeu a regulação da mídia e disse que “mais de 80%” da programação de rádio e TV teria que sair do ar se a Constituição fosse respeitada.

“Se esses artigos fossem aplicados de maneira séria, provavelmente mais de 80% dos programas que estão nas rádios e principalmente nas televisões teriam de sair do ar”, disse anteontem o governador, em referência a itens do artigo 221 da Constituição Federal, que trata da programação das emissoras de rádio e televisão.

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), defendeu a regulação da mídia e disse que “mais de 80%” da programação de rádio e TV teria que sair do ar se a Constituição fosse respeitada.

“Se esses artigos fossem aplicados de maneira séria, provavelmente mais de 80% dos programas que estão nas rádios e principalmente nas televisões teriam de sair do ar”, disse anteontem o governador, em referência a itens do artigo 221 da Constituição Federal, que trata da programação das emissoras de rádio e televisão.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje