Presidente do PDT admite que convidou ACM Neto para ingressar no partido e reflexos políticos em Alagoinhas serão imediatos

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, admitiu que vem mantendo conversas com o prefeito de Salvador, ACM Neto, sobre o possível ingresso do democrata na legenda brizolista.

Se concretizado, o fato ganhará repercussão nacional e vai embaralhar a política estadual, porque significaria o apoio do grupo político do prefeito à reeleição da presidenta Dilma Rousseff e à eleição do candidato do governador Wagner à chefia do Executivo estadual.

Em Alagoinhas, como não poderia deixar de ser, a composição política, se concretizada, terá grande teor explosivo porque a relação de Paulo Cezar com ACM Neto se desgastou muito e as avaliações mútuas são fortemente negativas, incluindo alguns adjetivos desqualificativos, notadamente a partir da eleição de 2006, quando PC, filiado do DEM, não logrou êxito na disputa para renovar seu mandato e perdeu a cadeira na Assembleia Legislativa que conseguiu em 1998.

A derrota foi atribuída à falta de empenho de ACM Neto para reeleger Paulo Cezar. Os comentários de ACM Neto sobre Paulo Cezar também não foram nada abonadores.

Qual a opinião do irremovível presidente do PDT de Alagoinhas, Fernando Aranha, sobre a possibilidade de ingresso de ACM Neto em sua legenda?

Há possibilidade de convivência pacífica entre um ex-preso político e o descendente de uma linhagem que apoiou a ditadura?

Aparentemente, sim, pois está tudo dominado e o que interessa agora são as sinecuras e outras possibilidades.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje