Pesquisa registra que insatisfação dos professores é o principal problema da educação municipal – Exclusiva

Para 20,70% dos entrevistados pela empresa TECNODADOS, que realizou pesquisa com objetivo de avaliar a administração municipal entre os dias 1º e 3 de Junho, o principal problema no setor de educação é a insatisfação dos professores municipais.

Na pesquisa apareceram ainda mais dez itens: a falta de segurança aparece em segundo lugar com 15,60% das respostas; greves constantes, 15,00%; aulas vagas, 10,40%; falta de professores, 8,30%; instalações precárias, 3,00%; a merenda escolar não atende às necessidades, 2,20%; falta de material escolar, 1,20%; transporte escolar deficiente, 1,00%; dificuldade de fazer matrícula, 0,00%; não tem problema, 6,90%.

Os entrevistados que Não Sabem/Não Opinam atingiram o porcentual de 15,90%.

Avaliação por área da insatisfação dos professores como principal problema, segundo os pesquisados, da educação municipal:

Barreiro: 17,90%

Mangalô: 28,20%

Urbis III: 17,90%

Jardim Petrolar: 23,50%

Miguel Velho: 20,60%

Silva Jardim: 24,10%

Alagoinhas Velha: 16,70%

Praça Kennedy: 26,70%

Rua do Catu: 36,70% (maior índice constatado na pesquisa)

Santa Terezinha: 23,30%

Urbis I e II: 19,40%

Praça Santa Isabel: 23,30%

15 de Novembro: 25,00%

INOCOOP  I e II: 10,50%

Riacho da Guia: 13,20%

Boa União: 5,60%

 

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje