Igreja ganhará terreno da Prefeitura de Alagoinhas no Jardim Petrolar – Exclusiva

O projeto de lei 034/2013, enviado pelo Executivo à Câmara de Vereadores, solicita em regime de urgência, a doação de um terreno de 2.563 metros quadrados, situado no Jardim Petrolar, à uma igreja com atuação em Alagoinhas.

O terreno fica nas proximidades da delegacia.

Segundo uma fonte do Alagoinhas Hoje, que solicitou anonimato, a comunidade das redondezas é contra a instalação da igreja.

A doação do terreno, de acordo com a fonte, teria sido acertada no período pré-eleitoral, mas antes do projeto de lei ter sido enviado ao legislativo, o que aconteceu no dia 31 de Julho de 2013, a área já estava cercada pela igreja, demonstrando a certeza absoluta quanto a aprovação pela Câmara de Vereadores da proposta do Executivo.

O mais interessante deste fato é que a Prefeitura de Alagoinhas doa terreno para uma igreja (solicitando, inclusive, regime de urgência na tramitação do projeto) e nega a solicitação de uma empresa que geraria empregos no município.

Nada contra a igreja ganhar o terreno e construir sua sede, desde que não atrapalhe o cotidiano dos moradores.

Qual será o tratamento concedido às igrejas que solicitarem terrenos à Prefeitura de Alagoinhas a partir da aprovação do projeto de lei 034/2013?

Todas terão seus pleitos atendidos?

O prefeito Paulo Cezar precisa calibrar sua balança decisória para que as definições levem em consideração interesses igualitários visando o bem de Alagoinhas e não dos segmentos que estiveram comprometidos com sua reeleição.

Com ampla maioria na Câmara de Vereadores, o governo não terá nenhuma dificuldade para aprovar o projeto de lei.

Será a doação do terreno o pagamento de uma fatura eleitoral?

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje