Governo amplia limite de participação estrangeira no BB para até 30%

O governo ampliou por meio de decreto presidencial o limite de participação de estrangeiros no capital do Banco do Brasil de 20% para até 30%, informou o banco em fato relevante divulgado nesta sexta-feira (25).

Em setembro de 2009, o banco havia informado a elevação do limite de 12,5% para 20%, na mesma ocasião em que foi autorizada pelo governo a emissão de American Depositary Receipts (ADRs) da instituição financeira. ADR é como são chamadas as ações de empresas de fora dos EUA negociadas nas Bolsas americanas.

A emissão dos recibos de ações negociados no mercado norte-americano ocorreu em dezembro de 2009, quando o banco informou que a iniciativa permitiria a diversificação da base acionária e o aumento da liquidez da ações.

No “Diário Oficial da União”, o texto diz que é do interesse do governo brasileiro a participação estrangeira até o total de 30%.

Segundo o documento assinado pela presidente Dilma Rousseff, o Banco Central tomará as providências necessárias para executar essa decisão.

O decreto entra em vigor a partir desta sexta-feira.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje