BATE PRONTO 99

O embate eleitoral vai ganhando contornos mais nítidos e as ações de bastidores se tornam frequentes, na tentativa de arregimentar o maior número de siglas para a disputa da Prefeitura de Alagoinhas. Será, sem dúvida, uma das campanhas mais emocionantes dos últimos 20 anos, superando a de 2008, quando o vitorioso bateu o segundo colocado por margem mínima de votos. Até a próxima coluna: a de número 100. 

CONTOS DE FADAS 1

Contos de Fadas I

Será que o prefeito Paulo Cezar está acreditando nos “Contos de Fadas” que garantem a neutralidade e imparcialidade do governador Rui Costa na eleição municipal de 2016 em Alagoinhas? As movimentações do deputado Joseildo Ramos, que planeja controlar partidos da base aliada, indicam o contrário: o PSD, PROS, PP e PSL, todos governistas em nível estadual, são legendas que fazem parte da estratégia eleitoral do ex-prefeito.

Contos de Fadas II

O esforço do deputado certamente conta com incentivo e apoio de operadores do governador Rui Costa, que preferem ver o petista governando Alagoinhas do que um mero aliado. Só que o parlamentar e o governador terão que combinar com o povo: nada de relevante foi proporcionado pelo governo do estado ao município em 14 meses de administração. Para Alagoinhas, Rui Costa é um contista, cujo enredo está no campo do intangível, do imaginário, tais como os “contos de fadas” apresentados para as criancinhas.  Só que política é “coisa” para gente grande.

Carcará

Muita gente tentando se aproveitar do imbróglio relativo à transação do terreno do Alagoinhas Atlético Clube. Coisas escabrosas estariam acontecendo nos bastidores. Melhor os defensores de fato se precaverem contra os carcarás que querem sangrar o AAC.

PV I

Em Camaçari, graças às articulações do grupo do prefeito ACM, o Partido Verde migrou para a base do DEM e apoiará a candidatura do vereador Antônio Elinaldo. Aqui, entre nós, não restará outra alternativa ao PV que não marchar com Joaquim Neto na disputa pela Prefeitura de Alagoinhas.

PV II

Ruiu o planejamento dos apoiadores da pré-candidatura de Renato Almeida: os 15% de intenção de voto esperados para março, miragem no deserto do Saara, não serão atingidos nem no decorrer da campanha. Os motivos são óbvios: não se constrói candidaturas majoritárias milagrosamente; ter pertencido ao governo Paulo Cezar retira qualquer consistência do discurso de Almeida; seus apoiadores embora homens e mulheres de bem, não são detentores de votos: o tão aguardado apoio público de Paulo Azi e ACM Neto não se tornará realidade.

PSL

Dirigentes locais do PSL prefeririam, se pudessem, mesmo após o ingresso do novo dono do partido, o deputado estadual Marcelo Nilo, quase eterno presidente da Assembleia Legislativa, manter a autonomia das decisões em Alagoinhas e formalizar coligações que não incluíssem o Partido dos Trabalhadores. Certamente, a partir desta semana a pressão sobre o PSL será grande para a legenda fazer rotação em direção à pré-candidatura petista.

Blindagem I

Assessor de comunicação do deputado estadual Joseildo Ramos acusa o editor do Alagoinhas Hoje de blindar a pré-candidatura majoritária do vereador Radiolvado Costa, sem citar o nome do ex-petista. Está parecendo mais falta do que fazer. Se o assessor tiver alguma denúncia contra seu ex-companheiro que a apresente. O site a publicará. Sem pestanejar.  Assim como publica os releases originários do gabinete do deputado.

Blindagem II

O assessor, se quiser, tem à disposição o espaço do Alagoinhas Hoje para criticar o próprio site. Aqui, o pensamento único não é regra, ao contrário de certos ambientes políticos. Ao invés de futricas, o assessor deveria trabalhar mais em prol do assessorado, que enfrentará uma campanha difícil e com grande risco de malograr. Na campanha de 2014, os releases da campanha de reeleição do deputado foram publicados na íntegra. 

Blindagem III

Se quiser ser o porta-voz de críticas ao vereador Radiovaldo Costa, o assessor do deputado pode começar hoje. Seus textos não ficarão na pasta SPAM, cujo valor conhecemos.  Ou seja, a completa inutilidade.

Rede

Beto Azi, filho da professora Normândia Azi Lacerda, está entre os ex-petistas que migrarão para a Rede Sustentabilidade nos próximos dias. Ele pretende ser candidato à Câmara de Vereadores. A adesão tem simbolismos: a mãe de Beto esteve ao lado de Joseildo Ramos em algumas campanhas e ocupou cargo em sua administração; um Azi na Rede é, de certa forma, algo inusitado.

Plano B

O secretário de Governo da Prefeitura de Alagoinhas, João Rabelo, é o “Plano B” do prefeito Paulo Cezar para ser vice na chapa encabeçada por Sônia Fontes. O “Plano A” seria o vereador Roberto Torres, presidente do legislativo alagoinhense, que segundo uma fonte, quer distância eleitoral da secretária de Infraestrutura. Provavelmente, Torres opte por Joaquim Neto

Chupa-molho

O rompimento político entre o deputado federal Paulo Azi (DEM) e o prefeito Paulo Cezar (PDT) deixará muita gente sem os salários de março. Como dizia um velho amigo de São Francisco do Conde: há tempo para comer caviar, assim como às vezes, por injunções políticas, é preciso comer chupa-molho. Não há porque reclamar, pois para muitos foram sete anos e dois meses com contracheques da Prefeitura de Alagoinhas. Política é atividade de risco para detentores de cargos de confiança.

Janela

A janela partidária que se abre no dia 2 de março resultará em muitas mudanças partidárias. Ao que se sabe, o DEM será o destino de vereadores de Alagoinhas, fortalecendo a pré-candidatura de Joaquim Neto e demonstrando o poder de articulação, nos bastidores, do deputado federal Paulo Azi e de seus operadores políticos. Um detalhe nada desimportante: a disputa no DEM será briga entre titãs e alguns novos filiados, detentores de mandatos, perderão suas cadeiras. Mesmo assim, entre três e cinco vereadores optarão pela legenda netista.

Profetas

Muitos profetas políticos estão aparecendo ou ressurgindo em Alagoinhas neste momento pré-eleitoral. Alguns, com pose “romariana”, não conseguem ver um palmo adiante do nariz. Mas, jactantes, pensam influir no embate eleitoral. Felizmente, a repercussão de suas análises é diminuta.

Recepção

Demitidos do Monte Tabor vão recepcionar amanhã (29) o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, que estará em Alagoinhas para cumprir agenda “quase secreta”. Os anfitriões não estão nada satisfeitos com o descaso da SESAB e de seu gestor, que não indicam prazos para a resolução do problema do não pagamento das verbas rescisórias. 

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje