BATE PRONTO 131

No primeiro mês do segundo semestre já em sua quinzena derradeira, a política de Alagoinhas continua no mesmo “reme-reme”, sem nenhuma grande novidade capaz de demonstrar aos cidadãos/contribuintes quais nortes serão trilhados agora e nos tempos vindouros. Na crise, ensinaram-nos alguns grandes nomes da administração, do marketing e mesmo da política, quase sempre tão árida de talentos, existem oportunidades a serem abraçadas como estratégias para superação das dificuldades. Mas onde estão os estrategistas? 

FICOU FEIO I 

Ficou feio para o vereador Juracy Ferreira do Nascimento o espaço ocupado na mídia soteropolitana nesta semana, após repercussão de um panfleto apócrifo que “circulou” nas redes sociais. A nota do edil foi mais do mesmo, distante da eloquência argumentativa, mas pelo menos não deixou as acusações sem resposta, embora pífia.

FICOU FEIO II

Também ficou feio para os acusadores do ex-vereador Gílson Guimarães, citado como mentor do panfleto apócrifo em razão do suposto interesse em atingir o soldado. A análise política é pobre: as acusações ao parlamentar, mesmo que ele quisesse assumir a Secretaria de Relações Institucionais, já deveriam (atentem para a palavra deveriam) ser suficientes para o governo descartar de pronto a nomeação de Juracy Ferreira do Nascimento. Com isso, Guimarães não assumiria a vaga. Em Alagoinhas, no meio político, burrice pouca é bobagem.

TURMA 

A nomeação do ex-prefeito Paulo Cezar para cargo estadual empacou mais uma vez. PC quer abrigar grande parte de sua turma no governo Rui Costa, mas não estaria encontrando guarida dos padrinhos.

CENTRO DE CULTURA

O jornalista Tárcio Mota vem desempenhando excelente papel à frente do Centro de Cultura de Alagoinhas. Ponto para o jovem gestor e também para o deputado Joseildo Ramos, “padrinho”, aqui no bom sentido, da nomeação de Tárcio.

ASSESSORIAS

As assessorias dos vereadores de Alagoinhas precisam melhorar a qualidade dos textos postados nas redes sociais. Quem exerce função pública e aqueles que assessoram detentores de mandatos eletivos devem ter mais esmero na elaboração de textos que serão publicados. São pedradas e pedradas que transformam a língua portuguesa na “Geni” buarquiana.

SITE

No intuito de publicar nota do ex-vereador Gilson Guimarães, o editor de um site alagoinhense, que também poderia ser chamado de “deseditor”, esculhambou a língua portuguesa e detonou regras básicas do jornalismo. Hoje, as evidências são incontestáveis, o site está na fila detrás dos veículos de internet da cidade.

COMUNICAÇÃO 

Comunicação pública exige a formação de equipes mistas que congreguem jovialidade e experiência. Mais do que saber escrever, é preciso pensar a política, balizar as ações técnicas com o tom político, sem personalismos baratos e nem factoides facilmente desmontáveis.

DR?

Por duas vezes, João Rabelo, ex-secretário de Governo da Prefeitura de Alagoinhas, ligou para o editor do site e se identificou como Dr. João Rabelo. Na primeira vez ficou por isso mesmo. Na oportunidade seguinte, ouviu o que não queria. Coisas de quem está com muito tempo para jogar abobrinhas ao vento.

FICA I

Vencido o tsunami, aparentemente a professora Iraci Gama ficará no governo e continuará à frente da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SECET). O raciocínio é claro e objetivo: no cabo de guerra da política, o prefeito Joaquim Neto venceu o ex-prefeito Chico Reis.

FICA II

Uma assessora da vice-prefeita e gestora da SECET teria exercido papel fundamental na permanência da professora no governo. As razões do empenho hercúleo, pessoais ou políticas, ainda não estão bem claras. Existem muitas suposições e poucas certezas.

DUPLA

Apesar das aparências, a dupla Renato Almeida e Reginaldo Paiva não estaria voando em céu de brigadeiro e nem navegando em mar de almirante na Prefeitura de Camaçari. As funções atribuídas pelo prefeito ACM Neto ao ex-senador Waldeck Ornelas teriam esvaziado a dupla “alagoinhense”. Na política, as aparências enganam muito, mas o franzir da testa e as insatisfações são eloquentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje