BATE PRONTO 127

Nota publicada hoje (9) na coluna Tempo, de A Tarde, pelo jornalista Levi Vasconcelos, e matéria veiculada no site sobre a “República Feirense” na Secretaria Municipal de Saúde geraram polêmica no meio político alagoinhense e demonstraram que o secretário da pasta, Rodrigo Matos (foto), não está preparado para lidar com as críticas, qualificadas por ele como distorção da realidade dos  fatos por A Tarde e o site Alagoinhas Hoje.

Comentário I

Leia o primeiro comentário do secretário na página do AH no Facebook, em resposta a uma feirense que o marcou: “Olá! A matéria infelizmente distorce a realidade. Inclusive nem o jornal, nem o site (que reproduziu a nota) entrou em contato com o Secretário (nominalmente citado) para, ao menos, verificar se o que foi escrito seria verdadeiro. A resposta será o trabalho perene, mas mantemos a SESAU à disposição da imprensa para esclarecimentos, pois transparência é um dos pilares dessa nova gestão”.

Comentário II

Com objetivo de defender o indefensável, Matos ainda postou outro comentário: “Estamos à disposição para todos esclarecimentos necessários, conforme já informado. Estimo muito a imprensa e a boa qualidade da informação. 
E por fim, até porque este não é o melhor fórum para debates dessa natureza, quero deixar claro que não sou “estrangeiro” e tenho forte identificação e RAIZES alagoinhense. Estou empenhado em fazer cada vez melhor pela saúde de NOSSA população de Alagoinhas.
Um forte abraço ao(s) editor(es) do site.

Resposta do AH

Você distorce a verdade, caro secretário “estrangeiro”. A informação quanto aos nomes feirenses e as respectivas diretorias é oficial e partiu da própria PMA. Você não sabe nada sobre mim e nem da importância jornalística do Alagoinhas Hoje.

Posição do AH

Exercendo sua função, o gestor da SECOM tentou intermediar conversa telefônica entre o secretário de Saúde e o editor do Alagoinhas Hoje. O celular foi colocado no viva voz. Foi dito a ambos que o editor do site, até 31 de dezembro de 2020, não pretende ter uma conversa sequer com Matos, em função da forma deselegante, antiprofissional e inadequada do doutor ao reagir às publicações de A Tarde e do Alagoinhas Hoje, caracterizando- as como distorção.

Argumentos I

Os argumentos do secretário de Saúde são frágeis, genéricos e sem qualquer conteúdo. Ele optou pelo acessório ao invés de debater a questão principal: quais as razões de tantos diretores feirenses na Secretaria Municipal de Saúde? A sociedade alagoinhense tem o direito de saber.

Argumentos II

A nota da coluna Tempo Presente e a matéria do Alagoinhas Hoje, ambas publicadas nesta quinta-feira (9), estão baseadas em informações oficiais e não em meras especulações, tal qual o secretário Rodrigo Matos tentou caracterizar. Ademais, a página do Alagoinhas Hoje no Facebook não era (e não é) o espaço para contestação da matéria do site. Provou que não sabe nada sobre comunicação pública e não buscou orientação do gestor da Secretaria Municipal de Comunicação, que é da área, e saberia muito bem conduzir a situação. Matos meteu os pés pelas mãos.

Argumentos III

Alagoinhas ganhou de presente (de grego) mais um secretário com “raízes” com a cidade, como afirmou o gestor da Secretaria de Saúde. A experiência anterior foi péssima. E parece que a dose cavalar será repetida.

Transparência I?

Já que o secretário Rodrigo Matos, em tese, dá tanta importância às ações transparentes, ele poderia esclarecer uma informação à qual o Alagoinhas Hoje teve acesso na manhã desta quinta-feira (9): qual sua ligação com Tácio Bezerra, diretor de Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde. A fonte afirma que Matos e Bezerra são cunhados.

Transparência II?

Se a informação for verdadeira, a tão propalada transparência do secretário deverá ser descartada na lata do lixo, a exemplo do que é feito com materiais utilizados em unidades de saúde e que precisam ser incinerados. A tese rodriguiana parece ser a mesma defendida por Leonel Brizola, quando pretendia ser candidato à presidência da República, sucedendo seu cunhado João Goulart: “Cunhado não é parente”.

E vem mais….

E está em curso a nomeação de outra pessoa super ligada ao secretário. De Feira de Santana, naturalmente. O homem mais parece fazendeiro do que profissional de saúde: gosta de porteiras fechadas, desde que o “gado” tenha suas iniciais no ferrete (ou ferro em brasa).

Prefeitura das Águas

O que se passa no SAAE tem sido de pouco conhecimento do prefeito Joaquim Neto e de seu núcleo duro. Não sabem o que é sinergia organizacional. Se contestarem esta nota, vou publicar prova cabal que tenho sobre esta situação pouco comum em gestão pública. O SAAE tem sido alcunhado como “Prefeitura das Águas”.

Oferta do……

A um vereador da base joaquinista, que arrumou mais do que votos na campanha de 2016, foram oferecidas três vagas para agentes de limpeza e igual número para ocupação de cargos de confiança nos últimos escalões do organograma da Prefeitura de Alagoinhas. Sem papas na língua, o edil mandou o interlocutor ……… Caro leitor, complete a frase pensando em algo de super baixo calão.  Registre-se: o interlocutor é de alto coturno na PMA.

Terceira Idade

Pessoas da terceira idade ingressaram com denúncia no Ministério Público de Alagoinhas. A Secretaria Municipal de Saúde suspendeu a entrega de medicamentos de alto custo e de uso continuado. Os prejudicados têm pareceres da Comissão de Assistência Farmacêutica que registram a necessidade das medicações, mas mesmo assim os procedimentos foram suspensos.

 

Foto: Google

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje