Alagoinhas terá mão de obra de qualidade com instalação do SENAI

“O empenho do prefeito e dos secretários, através de solicitação, e o desenvolvimento econômico pelo qual passa a cidade, foram fatores preponderantes para que a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) optassem por trazer uma unidade para Alagoinhas”. Com estas palavras o diretor Paulo Cintra, representando o presidente da FIEB, José Freitas de Mascarenhas, definiu a passagem do Centro de Educação Profissional de Alagoinhas (CEPA) para a instituição, através de cessão de uso – a princípio para oito anos. A cerimônia aconteceu no Salão Verde da Prefeitura, na tarde desta sexta-feira.

O empenho da administração foi justificado logo após pelo prefeito Paulo Cezar. “É um passo muito importante para Alagoinhas, porque, desde o início deste governo estamos batalhando para a vinda do sistema FIEB/SENAI. Há quatro anos estivemos em Feira de Santana na instituição e percebemos que somente com a industrialização da cidade é que poderíamos ter algo parecido. E as indústrias começaram a chegar, trazendo emprego e renda e, agora, a cidade terá também uma mão de obra qualificada”.  Acrescentou que “a FIEB observou o crescimento da nossa cidade e decidiu se instalar aqui visando preparar a mão de obra local para o mercado de trabalho.

Paulo Cintra afirmou que “a cidade tem recebido muitas indústrias e é necessário termos qualificação para os moradores. Inicialmente estaremos oferecendo qualificação técnica,  e pretendemos instalar um laboratório de alimentos brevemente”. Comentou que todos os cursos serão gratuitos, com exceção daqueles de graduação e pós-graduação. “Mas estes cursos serão aplicados em outro momento”, explicou.

O secretário municipal de Educação, Caio Castro, acredita que a instalação do SENAI “é uma transformação nas áreas social e educacional. Mantínhamos esta escola com um bom nível de ensino. A FIEB agora vai fazer um investimento de mais de R$ 500 mil na readequação da escola, com climatização total das salas e ampliação dos cursos e do número de vagas”.

Castro informou que, atualmente, há 350 alunos e que, a partir de 2014, a unidade estará iniciando a formação de 3000 profissionais. A secretária de Assistência Social, Tatiana Andrade, afirmou que a atuação do sistema de ensino profissionalizante já teve início na cidade com o Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, com 640 vagas.

Estiveram presentes à cerimônia de assinatura da cessão de uso o deputado federal Luiz Argôlo, secretários municipais, representantes de sindicatos, de estudantes, populares, vereadores, o diretor regional do  SENAI, Leone Andrade, e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Alagoinhas, João Eduardo.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação – Fotos: Amilton André

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje