Traída pela tecnologia, Sônia Fontes postou em grupo de WhatsApp cronograma de reuniões em diversos órgãos da Prefeitura de Alagoinhas

 

SONIA-FONTES-SECOM-1

Que a tecnologia é uma conquista da civilização ninguém dúvida. Mas é fato que qualquer um de nós, no emaranhando tecnológico dos celulares, pode ser traído por um segundo de distração e assim tornar público aquilo que deveria ser “secreto”.

A pré-candidata Sônia Fontes (PSB), obviamente de maneira inadvertida, postou no Grupo Alagoinhas Sem Censura cronograma de reuniões em diversos órgãos da Prefeitura de Alagoinhas, com as respectivas datas e os quantitativos estimados de participantes (cargos de confiança em cada secretaria). 

Estaria a ex-secretária de Infraestrutura usando a força e a posição de ser a escolhida do prefeito Paulo Cezar para cabalar votos dentro da estrutura governamental?

Ela mantém encontros com funcionários públicos municipais, registrando formalmente a agenda, a partir de quais articulações?

Outras perguntas:

A) Os funcionários públicos são “convidados” ou instados a comparecer?

B) As reuniões são realizadas em ambiente público ou privado?

C) Qual o teor dos “convites”?

D) Quais as sanções para quem se ausentar?

E) Os ocupantes de cargos de confiança comparecem espontaneamente ou são pressionados de alguma forma pelos superiores hierárquicos?

O Ministério Público Eleitoral  e a Justiça Eleitoral precisam ficar atentos ao uso da máquina pública em prol da candidatura de Sônia Fontes. 

POSTAGEM SF 1

Foto Sônia Fontes: SECOM/PMA

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje