Sede do Conselho Tutelar será reformada e permanecerá no centro da cidade

Hoje pela manhã, na sede do Ministério Público, em Alagoinhas, representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e do MP  se reuniram para discutir a questão  relativa à sede do Conselho Tutelar, que deu muita polêmica nos últimos meses.

A promotora de Justiça Clarissa Diniz Guerra mediou as discussões e no decorrer da reunião ficou decidido que o Conselho Tutelar continuará no espaço atual e a administração municipal se comprometeu em realizar obras de adequação da sede da entidade.

O projeto de reforma e ampliação, segundo ficou acordado entre as partes, será apresentado pela Secretaria de Assistência Social em até 30 dias e contemplará a implantação de banheiros adaptados, rampas de acesso, gabinetes independentes para os conselheiros e uma nova entrada para o Conselho Tutelar ao lado da Casa da Cidadania.

Com o entendimento entre a prefeitura, CMDCA e Conselho Tutelar a cidade ganha e todos ganham.

Melhor o entendimento do que discussões intermináveis, que não agregam absolutamente nada e acabam prejudicando a sociedade.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje