Preta Gil assume o comando do Expresso 2222 em 2018

A partir do próximo ano, o camarote Expresso 2222, único espaço do Carnaval de Salvador reservado exclusivamente para convidados, será comandado pela cantora Preta Gil. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 7, pela empresária e produtora do camarote, Flora Gil, e pelo cantor Gilberto Gil, em coletiva realizada no edifício Oceania, na Barra.

O casal pretende se afastar da produção do ambiente para se dedicar à família e aos cuidados com a saúde do cantor, que esteve internado para tratamento renal durante parte do ano passado. “Nosso trabalho está feito. Sou um rapaz de idade. Vou deixar, agora, os meninos trabalharem”, brincou Gil.

Apesar da mudança, Flora garante que a estrutura vai manter a “mesma elegância e qualidade nos serviços, honrando a trajetória de 19 anos do Expresso 2222 no Carnaval de Salvador”.

“O camarote nasceu de uma demanda dos nossos filhos, que queriam ver o Carnaval. Aí, alugamos um espaço no Oceania e fomos convidando os amigos. Então, ele vai continuar nesse mesmo clima. Nada mais justo do que ter uma pessoa da família cuidando dele agora, quando pretendo me dedicar mais aos meus netos. Vou estar dando apoio, na retaguarda, mas quero ficar um pouco mais tranquila”, disse Flora.

Segundo Preta, o convite para assumir a produção do 2222 surgiu há dois anos, no entanto, ela conta que, naquele momento, ainda não se sentia preparada para a tarefa de assumir o empreendimento da família Gil.

“Eu não estava pronta. Este ano, como consegui trazer o Bloco da Preta para Salvador, senti que posso conciliar as duas atividades a partir de agora”, afirmou.

Cobrança

Sob o comando dela, Preta pretende fazer mudanças no espaço para o próximo ano. Uma delas é a cobrança para o acesso ao local que, ao longo dos 19 anos de atividade, funcionou apenas para convidados da família e dos patrocinadores.

“Penso que, em 2018, a gente possa avaliar a cobrança do acesso. Assim, pessoas do país inteiro poderão participar da nossa festa”, completou Preta.

Flora apoia a decisão de Preta de transformar o espaço em um camarote comercial: “Se ela levar isso à frente vai ser bom, ela vai poder ganhar dinheiro, vai fazer disso um negócio. Durante todos esses anos, eu fiz muito mais relacionamento, então ela passa a concorrer diretamente com os outros espaços”.

Flora garante uma “despedida” em grande estilo: “Voltamos ao Oceania depois de 11 anos, então estamos muito felizes. Vamos fazer uma homenagem à música. Quem vier, terá um serviço bom, música boa e um pessoal muito bacana para conversar”, disse.

Enquanto não assume o espaço definitivamente, Preta pretende se dedicar ao próprio bloco, que desfilará pela primeira vez em Salvador no Circuito Dodô (Barra-Ondina), com saída prevista para às 20h30.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje