Prefeito Joaquim Neto definirá amanhã início do lockdown em Alagoinhas

O prefeito Joaquim Neto convocou reunião para amanhã (28) com objetivo de definir as medidas necessárias à decretação do lockdown em Alagoinhas. 

A Procuradoria-Geral do Município trabalha para apresentar as linhas gerais do decreto que embasará o início do lockdown, previsto para começar na próxima semana, provavelmente na terça (30) ou quarta-feira (1º de julho), em função dos prazos necessários à publicação das medidas legais.

A Secretaria de Governo comunicou ao presidente do legislativo, vereador Roberto Torres, e a Bruno Fagundes, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), sobre a decretação do lockdown.

Representantes da Guarda Municipal, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, da Secretaria de Governo, da Secretaria de Serviços Públicos e da Secretaria de Saúde participarão da reunião, ainda sem local definido. 

O certo é que o lockdown acontecerá na próxima semana.

Só serviços considerados ultra essenciais terão permissão para funcionar. 

Funcionamento

Analistas avaliam que se a rede bancária de Alagoinhas e as lotéricas continuarem abertas o lockdown será um fracasso.

Regras sobre o funcionamento dos supermercados poderão fazer parte do conteúdo do decreto (não há informações oficiais da prefeitura em relação ao segmento, considerado serviço essencial, mas alguma regulação é necessária). 

Não existem decisões fáceis neste momento de pandemia.

Prós e contras o lockdown estarão sobre a mesa do prefeito Joaquim Neto, que deverá definir as linhas de ação da administração municipal com base na ciência e no grave quadro de contágio do novo coronavírus em Alagoinhas. 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje