Paulo Azi defende em Brasília manutenção de ferrovias baianas

O presidente estadual do Democratas, deputado Paulo Azi, participou nesta terça-feira, 30, em Brasília, de reunião com o ministro dos Transportes, César Borges, para tratar da desativação de trechos da malha ferroviária baiana, resolução publicada no Diário da União do dia 5 de julho e duramente criticada pelo parlamentar, principalmente por atingir a ferrovia de Alagoinhas, considerada economicamente viável e importante para a região.

Durante o encontro, que contou com a participação do prefeito de Alagoinhas, Paulo Cezar (PDT), de outros parlamentares baianos, vereadores e secretários do município, o ministro César Borges garantiu que nenhuma linha de trem seria desativada na Bahia.

O ministro disse que o objetivo do governo federal é ampliar e melhorar toda a malha ferroviária do país. Os técnicos da ANTT, presentes na reunião, explicaram que o governo federal pretende fazer a transição entre a atual malha ferroviária e a que vai ser construída pelo governo, com uma bitola mais larga para o transporte de cargas, numa velocidade de 80 km por hora. A meta, segundo informaram, é interligar todo o país.

Segundo os técnicos, os trechos atuais vão servir para uma linha de trem metropolitano ligando as principais cidades do interior à capital, Salvador, numa parceria como o governo estadual. “O ministro Borges assegurou que os trechos atuais para transporte de cargas só serão desativados quando os novos estiverem prontos e operando”, informou Azi, frisando que os municípios cortados pela ferrovia, como Alagoinhas/Juazeiro e Propriá, estarão na expectativa de que, de fato, as melhorias aconteçam. “Queremos a manutenção e o fortalecimento desse importante modal e não a sua desativação”, reforçou Paulo Azi.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Democratas

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje