Novo presidente do STJ deixa 500 processos sem conclusão no CNJ, diz coluna

O novo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, deixou o cargo anterior, de corregedor nacional de Justiça, no CNJ, com uma herança pesada para sua sucessora, ministro Maria Thereza de Assis Moura: 500 processos sem conclusão. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, a cifra inclui processos disciplinares, averiguações e sindicâncias, entre outros.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje