Nomes são especulados para compor o secretariado da Prefeitura de Catu

Além dos dois nomes  citados – Maria Pena e Ana Teixeira –  na matéria anterior do Alagoinhas Hoje, que praticamente estão certos para fazer parte do primeiro escalão,  muitas especulações em Catu podem indicar o fechamento das articulações para compor o secretariado do futuro governo: na Secretaria de Saúde, Mariana Requião deverá ser confirmada; Edmilson Borges (Minho) será o secretário de Cultura; o arquiteto Sergio Farias, funcionário de carreira da prefeitura, assumirá a Secretaria de Serviços Públicos indicado pelo PSB; Linho, do PDT, mas que é considerado nome da cota pessoal do prefeito eleito, poderá assumir a área de Transportes; Adenilson Cardeal (Ninho) será o responsável pela Comissão de Licitação.

O vereador José Carlos Seles poderá assumir a Secretaria de Infraestrutura ou mesmo Finanças, se o prefeito optar por um perfil menos técnico à frente da gestão dos recursos da Prefeitura de Catu. Se a decisão for por um técnico, Seles ficará com a Infraestrutura. Para a chefia de Gabinete, função estratégica em qualquer prefeitura, a fonte que conversou com o Alagoinhas Hoje disse que diante do sigilo das articulações não poderia especular. Para a Agricultura, ainda não há nomes conhecidos que possam assumir a secretaria.

A ideia do prefeito eleito, de acordo com a fonte do Alagoinhas Hoje, é criar na reforma administrativa a Secretaria de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer e assim cumprir uma promessa de campanha. O objetivo será implementar políticas públicas para os jovens catuenses. A reforma contemplará outras adequações da  estrutura organizacional da Prefeitura de Catu.

Maurílio Fontes

Editor do Alagoinhas Hoje

Exclusiva

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje