Lúcio Funaro ficará mais uma semana na sede da PF


O doleiro Lúcio Funaro foi autorizado pela Justiça a permanecer mais uma semana na sede da Polícia Federal, em Brasília. A decisão é do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal.

Segundo a Exame, o corretor assinou um acordo de colaboração premiada com a Lava Jato na última terça-feira (22). Desde então, Funaro tem prestado depoimentos na Procuradoria-geral da República (PGR) para que sua contribuição seja levada ao Supremo Tribunal Federal (STF) para homologação do ministro Edson Fachin, relator da operação na Corte. A permanência na PF tem como objetivo facilitar a logística para realização das oitivas na PGR.

O jornal O Estado de S. Paulo apurou que Funaro irá detalhar sua atuação como operador financeiro do PMDB da Câmara dos Deputados. O grupo político é liderado pelo presidente Michel Temer e tem como integrantes os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje