José Serra recebeu R$ 23 milhões via caixa dois, afirma Odebrecht

Executivos da Odebrecht afirmaram aos investigadores da Operação Lava Jato que a campanha do atual ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), à Presidência da República, em 2010, recebeu R$ 23 milhões da empreiteira via caixa dois.

Corrigido pela inflação do período, o valor atualmente equivale a R$ 34,5 milhões.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a afirmação foi feita a procuradores da força-tarefa da operação e da Procuradoria-Geral da República (PGR), na semana passada, por funcionários da empresa que tentam um acordo de delação premiada.

Os executivos disseram que parte do dinheiro foi entregue no Brasil e parte foi paga por meio de depósitos bancários realizados em contas no exterior.

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a empreiteira doou em 2010 R$ 2,4 milhões para o Comitê Financeiro Nacional para Presidente da República de Serra (R$ 3,6 milhões em valores corrigidos).

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje