Consumidor deve ‘segurar a carteira’ no Dia dos Pais

comercio dia-dos-pais_1657271

Neste ano, o Dia dos Pais não deve ser tão recheado de presentes para alguns brasileiros. Isso porque, segundo sondagem realizada em todas as capitais do país, pelo SPC e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 38,1% dos consumidores não estão pensando em gastar dinheiro com a compra de lembranças para esta data, celebrada no próximo domingo, 14. Aperto orçamentário e desemprego foram alguns dos motivos apresentados pelos jovens entrevistados, com idade entre 18 e 34 anos, para a redução dos gastos.

A pesquisa mostra ainda o reflexo que a instabilidade da economia nacional trouxe para os brasileiros, que estão pensando duas vezes antes de contrair dívidas, mesmo em datas comemorativas. Além do receio, os valores elevados também têm afugentado os consumidores das lojas, já que 69% deles acreditam que os preços dos itens estão muito mais elevados, se comparado com o ano anterior.

Para os que demonstraram intenção em presentear os pais, a média de valor gasto será de R$ 115,37 – R$ 4,46 a menos do que em 2015 – e a compra não deverá passar de um item (60,7%). Para não correr o risco de comprometer o orçamento mensal, o levantamento apontou ainda que a pesquisa de preços será a melhor alternativa para 68,1% dos consumidores, principalmente em locais como shoppings centers.

Lembrancinha

Roupas, perfumes, cosméticos, calçados e acessórios encabeçam a lista de opções das pessoas, na hora da compra do presente. Os que desejam economizar ainda mais revelaram, na pesquisa, que pretendem dividir o valor do item com outro ente da família (17,4%).

Há ainda aqueles que optam por uma homenagem mais simbólica para não deixar o pai de mãos abanando. Esse é o caso da pedagoga baiana, de 33 anos, Rita Oliveira. “Já chequei a dar presentes caros para o meu pai, como relógio e calça de marca. Esse ano não passarei de uma lembrancinha”, afirma a consumidora, que mora atualmente em Salvador.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje