Governo reabrirá linha de financiamento de máquinas

O governo federal voltou atrás nas datas para o fim da linha de financiamento de máquinas e equipamentos (Finame) no âmbito do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

Segundo anunciado nesta manhã pelo presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, o governo reabrirá a linha Finame PSI nas mesmas condições anteriores, especialmente com relação aos custos financeiros.

Ainda de acordo com Moan, com a decisão o PSI volta a operar normalmente, ou seja, aprovará – de acordo com a análise do BNDES – os pedidos já protocolados e receberá novos pedidos de financiamento até os prazos já determinados. 

“Ao considerar a conjuntura atual do segmento, tenho a certeza de que a decisão foi extremamente acertada e poderá dar uma injeção de confiança nos consumidores e investidores”, disse hoje o presidente da Anfavea, durante abertura da 20ª edição da Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga.

Em 23 de outubro, foi publicada uma resolução que alterou as datas de operação da linha Finame PSI, antecipando para fim de outubro o prazo para protocolar pedidos de financiamento em 2015. Entre as mudanças no PSI, estão o corte de R$ 30,5 bilhões no limite de empréstimos e o prazo de protocolo dos pedidos de financiamento, que havia ficado definido em 30 outubro, e não para 30 de dezembro, como esperava o setor.

Na ocasião, Moan havia afirmado que a questão da data era o principal problema. “Quando essa data foi anunciada, houve uma corrida de pedidos de financiamento, o que desestabilizou toda a previsão do setor”, comentou ele na época. A nova mudança na data ainda precisa ser confirmada pelo governo, que deve divulgar decisão no Diário Oficial nos próximos dias. 

Fonte: O Estado de São Paulo

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje