Geddel deixa caminho aberto para aproximação com o PT

Numa clara mudança de tom em relação aos ex-aliados e hoje grande opositor, o ex-ministro da Integração Nacional e vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal e também presidente do PMDB baiano, Geddel Vieira Lima, em entrevista exclusiva à Tribuna sinaliza que uma possível reaproximação com o Partido dos Trabalhadores (PT) não está descartada.

Segundo ele, sempre procurou nutrir e preservar uma relação de respeito com o governador Jaques Wagner e, por ser político, está aberto para conversar com todas as forças políticas do estado. Disse ainda ter absoluta convicção que ele e o prefeito ACM Neto (DEM), que ressalte-se vive um clima bastante amistoso com o governador e até já fala sobre uma futura aliança com o PT nacional, estarão no mesmo campo porque tem todo um futuro pela frente.

Contudo, não deixou de tecer duras críticas a setores como segurança pública na Bahia, bem como não escondeu a insatisfação do PMDB nacional com o Palácio do Planalto. Aliado a isso, reforçou que trabalha para ser candidato à chapa majoritária nas eleições de 2014.

Fonte: Política Livre

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje