Forças Empresariais avaliam ingressar na Justiça para impedir realização da micareta de Alagoinhas

BENEDITO VIEIRA 1

As Forças Empresarias de Alagoinhas – Sindicato do Comércio (SICOMÉRCIO), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Comercial e Industrial (ACIA) avaliam ingressar na justiça para impedir a realização da micareta se a paralisação do funcionalismo municipal, em greve desde a semana passada, não terminar até segunda-feira (16).

A informação foi prestada ao editor do Alagoinhas Hoje, no início da tarde de hoje (11), por meio do WhatsApp, pelo empresário Benedito Vieira (foto), presidente do Sindicato do Comércio. 

Vieira afirmou que hoje à tarde os presidentes das três entidades se reunirão com assessores jurídicos para tratar da questão. “É impossível realizar a festa sem os trabalhadores das áreas de infraestrutura, vigilância sanitária, meio ambiente, serviços públicos e de outras secretarias da Prefeitura de Alagoinhas diretamente envolvidas na organização, coordenação e fiscalização da festa”, registrou o presidente do Sindicato do Comércio. 

Ontem, de acordo com Vieira, em reunião no 4º Batalhão de Polícia Militar para tratar da micareta, ele fez questionamentos sobre como a administração municipal pretendia realizar a festa sem os trabalhadores. “Um representante da Secretaria de Serviços Públicos garantiu que a empresa de limpeza atuaria na higienização do circuito da micareta, mas  dirigentes de outros órgãos da prefeitura ficaram em silêncio”, assegurou. 

Foto: Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Alagoinhas

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje