Empresa alagoinhense suspeita de desvio em Governador Mangabeira manteve contrato com a Prefeitura de Alagoinhas – Exclusiva

A M. Pinheiro Construções & Serviços Ltda, denunciada por cinco vereadores de Governador Mangabeira como a empresa para a qual foram direcionados os R$ 500 mil desviados do FUNDEB, manteve com seu nome de fantasia – CANON Empreendimentos – negócios com a Prefeitura de Alagoinhas, por intermédio de contrato firmado com a Secretaria Municipal de Administração, visando capacitar a Guarda Municipal, como pode ser comprovado pelas duas matérias da ASCOM  do governo municipal, publicadas pelo Alagoinhas Hoje, que registram o trabalho da empresa e de sua instrutora, mãe de Allisson Mateus Santos Pinheiro, a professora Auriléa Pinheiro.

O Alagoinhas Hoje pesquisou o CPNJ da M. Pinheiro Construções & Serviços Ltda no sítio  da Receita Federal  e constatou o nome de fantasia e várias atividades, que incluem construção de edifícios, obras de urbanização, obras de irrigação, montagem e instalação de sistemas de equipamentos de iluminação, sinalização de vias públicas e educação profissional de nível técnico.

A transparência da gestão pública, um preceito constitucional, impõe ao governo municipal o esclarecimento do valor do contrato ou dos contratos formalizados com a CANON Empreendimentos, o período, em que condições as licitações aconteceram e a qualidade dos serviços prestados.

Nada indica que os contratos tenham problemas, mas uma empresa que é suspeita de participar de um conluio para desviar recursos do FUNDEB do município de Governador Mangabeira precisa ser monitorada, a partir de agora, com mais rigor pela Prefeitura de Alagoinhas.

Uma fonte afirmou ao Alagoinhas Hoje que a empresa mantém proximidade com uma pessoa que tem força e poder de decisão no governo do prefeito Paulo Cezar.

Cabe à Câmara de Vereadores fiscalizar os possíveis negócios realizados entre a prefeitura e a  CANON Empreendimentos.

O mesmo vale para a Prefeitura de Aramari, que contratou no início de 2013 a empresa para recuperação de estradas vicinais. O serviço está sendo prestado de fato? Quais as melhorias que podem ser constatadas  nas estradas de Bonsucesso e Alegrete?

A Câmara de Vereadores de Aramari tem o dever de fiscalizar a execução do contrato em função das suspeitas de participação da M. Pinheiro Construções & Serviços Ltda no desvio de recursos públicos em Governador Mangabeira.

A seguir, leia as matérias da ASCOM da Prefeitura de Alagoinhas, publicadas no sítio oficial da administração, nas quais a CANON Empreendimentos é citada como prestadora de serviço.

Curso de capacitação fortalece atuação Guarda Municipal de Alagoinhas

Prefeito Paulo Cezar participa de entrega de certificados de curso à Guarda Municipal

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje