Emprego na indústria avança 0,4% em outubro, diz IBGE

O índice de emprego na indústria cresceu 0,4% entre setembro e outubro, na série livre de influências sazonais, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado de 2012, os postos de trabalho na indústria diminuíram 1,4%. Em 12 meses, o emprego industrial acumulou queda de 1,2%.

Na comparação com outubro de 2011, o emprego industrial apontou queda de 1,2% no décimo mês deste ano – décimo terceiro resultado negativo seguido nesse tipo de confronto. Nesta comparação, a região Nordeste foi a que mais impactou negativamente, com o emprego caindo 3,8%, contra queda de 1,4% em São Paulo, baixa de 3,7% no Rio Grande do Sul e de -6,8% em Pernambuco. Por outro lado, Minas Gerais (0,7%) e Paraná (0,8%) apontaram as principais contribuições positivas sobre o emprego industrial do país.

Salário – O valor da folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria subiu apenas 0,1% frente em outubro ante setembro de 2012, após avançar 2,1% em agosto e recuar 2,1% em setembro. No confronto com igual mês do ano anterior, o valor da folha de pagamento cresceu 3%. Este é o 34º mês consecutivo de alta nesta tipo de comparação. No acumulado do ano, houve crescimento de 3,2% frente a igual período do ano anterior.O índice acumulado nos últimos doze meses cresceu 3,2% em outubro de 2012.

O número de horas pagas aos trabalhadores da indústria em outubro avançou 1,1% frente ao mês imediatamente anterior. Na comparação com igual mês do ano anterior, contudo, o indicador caiu 1,1%. No acumulado nos dez meses de 2012 apontou queda de 2,1% frente a igual período do ano anterior.

(Com Estadão Conteúdo)

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje