Em debate, Radiovaldo afirma que participação popular será pilar de seu governo

“Nós temos alguns pilares nas nossas propostas: a participação popular e o empoderamento do povo. As ações não podem apenas sair da cabeça do prefeito, do vice-prefeito ou dos secretários que irão compor o governo. O programa de governo que nós apresentamos pode, inclusive, sofrer ajustes, a partir do diálogo e debate com a população”, afirmou o candidato a prefeito de Alagoinhas, Radiovaldo Costa (PT), nesta terça-feira (13), durante debate promovido por estudantes do curso de bacharelado em Direito, da Faculdade Santíssimo Sacramento (Fsss).

O debate, transmitido pelo canal do Youtube da instituição e pelas redes sociais do candidato, seguiu as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), por conta da pandemia da Covid -19.

Em sua explanação, Radiovaldo  reafirmou seu compromisso para  melhoria da maternidade e dos postos de saúde, com ampliação e efetividade da oferta dos atendimentos.  “Já fizemos várias reuniões, em comunidades urbanas e rurais e, a saúde, é a principal reclamação. Vamos investir o dinheiro público na saúde! Orçamento de R$ 100 milhões, 25% do orçamento total do município é da saúde, é o maior orçamento do município e por que se gasta R$ 100 milhões por ano e a população reclama da saúde? Que não faz exame, que não consegue atendimento, que não consegue fazer consulta? O atendimento, hoje, é precário na maternidade, isso não é Radiovaldo que tá falando, é você, é a população”.

Ao falar sobre emprego e renda, Radiovaldo destacou o papel do gestor municipal na busca por investimentos e qualificação dos jovens e trabalhadores da cidade para atender o mundo do trabalho. “Nós vamos garantir, seja qual for a indústria, vai ter que contratar trabalhadores de Alagoinhas. Nós vamos ter discutir com a empresa, antes dela ser construída, a qualificação desses trabalhadores. Nós temos que aproveitar a mudança que acontece na indústria do petróleo e garantir que tenhamos aqui empresas que prestam serviço na indústria do petróleo, que esses trabalhadores possam ser qualificados neste segmento”.

No sorteio dos temas, o candidato também teve a oportunidade de falar sobre Transporte Coletivo, Patrimônio Histórico e Cultural, além de responder questionamento feito por internauta sobre a precariedade das fundações que cuidam de animais.

Fonte: Assessoria de comunicação Radiovaldo Costa

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje