Sem CPMF, governadores querem acelerar fase 2 do Mais Médicos

Depois que a proposta de volta da CPMF ficou na gaveta, governadores pedirão agilidade ao governo federal para a implantação do Mais Especialidades —promessa de campanha de Dilma Rousseff. O financiamento do programa pela União pode desafogar a rede estadual de saúde.

Wellington Dias (PT), do Piauí, não acredita que o debate sobre a recriação do tributo avance até o fim do ano. “O país tem um desafio de voltar a crescer e não suporta uma carga tributária maior”, diz.

Fonte: Painel – Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje