Eduardo Campos convida Eliana Calmon para se filiar ao PSB

O governador de Pernambuco e potencial candidato à Presidência, Eduardo Campos, disse ontem (22) que a ex-corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon tem conversado com “amigos” sobre a possibilidade de se filiar ao PSB.

A ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça) poderia ser candidata governo da Bahia ou ao Senado.

Campos disse que, pessoalmente, não formalizou convite à ministra. Mas aproveitou entrevista em Gravatá, a 85 km do Recife, onde encerrou um seminário a prefeitos, para fazê-lo publicamente.

“Seria uma enorme alegria para o PSB receber uma pessoa da dimensão da ministra Eliana Calmon. Se não há convite, faço agora publicamente. Ela tem amigos no PSB, com os quais vem conversando, e, no dia em que decidir largar a magistratura para entrar na vida pública, o PSB estará de portas abertas”, disse o socialista.

No ano passado, quando era corregedora, Calmon se tornou bastante popular por protagonizar diversos embates com as entidades representativas dos juízes e por suas investigações contra magistrados.

O governador afirmou que seu partido tem crescido a cada eleição e buscado “gente séria na política”.

“Não queremos ter o monopólio da ética, mas ajudar a vida pública a ser mais ética, a ter mais compromisso com a população.”

Campos encerrou hoje a primeira versão do seminário “Juntos Por Pernambuco”, que reuniu 184 prefeitos do Estado.

Em discurso, Campos disse que inaugurava “algo inovador na relação federativa”. Com foco num projeto político nacional, chamou os prefeitos a se unirem em torno do propósito de “mostrar, mais adiante, que em Pernambuco a gestão pública funciona, o espírito público funciona”.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje