Divisão da base do governo na Câmara de Vereadores impediu votação de projeto de lei que cria cargos no SAAE

Nem mesmo as presenças do diretor-geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, Sylvio Farias Vianna, e de alguns diretores da autarquia, na sessão da Câmara de Vereadores de ontem à tarde, convenceram os vereadores da base do governo a aprovar o projeto de lei do executivo que cria três novos cargos de confiança na empresa.

Há muitos cochichos nos bastidores do legislativo.

O governo terá que fazer um esforço concentrado na próxima semana para aprovar o projeto antes do recesso da Câmara de Vereadores.

No final do ano passado, a prefeitura injetou mais de R$ 500 mil nas contas do SAAE para assegurar o equilíbrio financeiro da empresa e seis meses depois propõe a criação de cargos que vão onerar a sua folha de pagamento.

Dá para entender?

O salário base de cada cargo é de aproximadamente R$ 6 mil/mês.

Quem serão os contemplados?

Já tem gente brigando pelos cargos.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje