Com 17,1 mil novas filiações, PT “não está em crise”, garante Rui Falcão

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Rui Falcão, saiu em defesa da legenda durante coletiva de imprensa nessa sexta-feira (5) em Aracaju. O líder garantiu que o PT não está em crise e comemorou a adesão de mais de 17 mil filiações de janeiro a junho deste ano. 

Além de contabilizar a quantidade de novos integrantes do partido, Falcão alegou que há mais de 139 mil pedidos de filiação aprovados e aguardando as plenárias de confirmação da militância e outros 47,2 mil pleitos para ingressar na sigla estão em análise. “Ou seja, são quase 200 mil que estão pedindo para ingressar no PT”, reforçou Falcão.

De acordo com o líder nacional, a legenda conta atualmente com 1,74 milhão de filiados. “Isso não é um partido de crise, como a mídia monopolizada tenta mostrar”, defendeu. “Não pode ter crise um partido que está há 12 anos no poder, ganhou a quarta eleição consecutiva. Não estamos em crise, apesar do ataque feroz que a direita conservadora, a mídia monopolizada e aqueles que não se conformam com a derrota no passado fazem contra nós”, rebateu Falcão, em texto divulgado no site oficial do PT. 

O petista aproveitou a conversa com a imprensa para relembrar o “Mensalão Tucano” e defender o ex-secretário de Finanças do PT João Vaccari Neto. “Não há nenhuma prova contra ele (Vaccari). As maquinações que levaram à prisão foram todas desmentidas. Esperamos que ele seja solto brevemente porque não se pode condenar ninguém sem provas”, declarou.

Fonte: Leia Já 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje