Brasil bate novo recorde na produção de gás natural

Ao contrário do último mês de 2011, quando a produção de petróleo teve recorde mensal, chegando a aproximadamente 2.214 Mbbl/d, dezembro de 2012 apresentou o terceiro recorde consecutivo na produção de gás natural. A marca atingiu 76,2 milhões de metros cúbicos por dia, um aumento de 3,9% em relação ao mês anterior. Quando comparada a dezembro de 2011 o crescimento foi de 6,8%.

Segundo o boletim de produção do mês de dezembro, divulgado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o maior campo produtor de gás foi Manati, na bacia de Camamu (BA), responsável pela produção de 6,3 milhões de metros cúbicos diários. A queima do gás natural teve uma queda de 4,7% em relação ao mês anterior e de 15,2% em relação a dezembro de 2011.
Produção de petróleo aumenta, mas fica abaixo do resultado de 2011 – A produção total de petróleo no Brasil em dezembro foi de aproximadamente 2.105 mil barris diários, um aumento de 2,9% em relação ao mês anterior. Porém o resultado teve redução de cerca de 4,9% se comparada com o mesmo mês em 2011.

O campo de Marlim Sul, na bacia de Campos, foi o que mais produziu petróleo e o segundo com maior produção de gás, apresentando média de 346,3 mil barris de óleo equivalente por dia.

Pré-sal – O pré-sal também registrou novo recorde de produção, alcançando a marca de 292,5 mil barris de óleo equivalente por dia, o que representa um aumento de 7,5% em relação a novembro. Desse total, a produção de petróleo corresponde a 242,7 mil barris diários e a de gás natural a 7,9 milhões de metros cúbicos por dia.

A produção foi oriunda de 15 poços, sendo 2 no campo de Jubarte, 4 no de Lula, 2 em Marlim Leste, 5 no de Baleia Azul, 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Caratinga e Barracuda e 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Marlim e Voador.

Durante todo o ano de 2012 foram produzidos cerca de 754 milhões de barris de petróleo (em 2011 foram 768 milhões de barris) e 26 bilhões de metros cúbicos de gás natural (em 2011 foram 24 bilhões de metros cúbicos), com média de produção diária de 2.067 mil barris de petróleo e 71,7 milhões de metros cúbicos de gás (em 2011 foram 2.067 Mbbl/d e 71,7 MMm³/d).

Fontes: TN Petróleo/Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração do Estado da Bahia

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje