BATE PRONTO 93

A última coluna do ano, com 18 notas, está à disposição dos leitores, que com sua audiência diária fizeram do site Alagoinhas Hoje o mais importante veículo de internet do município e região. Em 2016, com trabalho revigorado e dedicação ao jornalismo, continuaremos a oferecer matérias exclusivas e informações de interesse público aos que nos honram com seus cliques. Feliz 2016.

 Aniversário I

O aniversário de Anderson Baqueiro, gestor da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), foi comemorado com estilo (e sem economia) em sítio localizado na Calu. Políticos de vários partidos, muita comida, bebida e música. A festa, considerada uma das maiores do ano, demonstrou força e a viabilidade da candidatura de Baqueiro à Câmara de Vereadores.

ANIVERSÁRIO 1

Aniversário II

Ruim de marketing, a animadora da festa de aniversário de Anderson Baqueiro citou por três vezes, com entusiasmo, a “presença da nossa candidata Sônia Fontes”. Nenhum aplauso na primeira citação do nome da secretária de Infraestrutura e Planejamento Urbano. O mesmo aconteceu nas duas vezes seguintes. Os convivas preferiram se concentrar no lauto banquete e fingiram não ouvir a conclamação da animadora sem noção.

Tuca

O apoio do ainda petista Pedro Sobral Tuca à candidatura de Radiovaldo Costa à Prefeitura de Alagoinhas teve repercussão acima do esperado nas redes sociais e emissoras de rádio, que reproduziram matéria do Alagoinhas Hoje. Ontem (29), no Programa Digital News, ancorado pelo radialista Ailton Borges, Tuca reafirmou sua vinculação eleitoral com Costa. A entrevista será veiculada novamente na sexta-feira (1º).

Vereador I

O imbróglio petista está deixando em posição totalmente desconfortável o vereador Luciano Sérgio, que faz um mandato positivo e com resultados concretos para a sociedade alagoinhense. Apesar dos salamaleques públicos, na verdade Luciano Sérgio tem sido desrespeitado pelo partido, a quem devota tanta dedicação. Hoje (30), ele não esteve no estúdio da Digital FM, ao contrário do que ocorre quando o deputado Joseildo Ramos concede entrevista ao radialista Ailton Borges. Luciano sempre foi presença marcante nestas entrevistas.

Vereador II

Luciano Sérgio não comenta publicamente, mas estaria desgostoso com os rumos políticos de sua sigla e a indefinição quanto ao nome do partido para concorrer ao Executivo. Com a saída de Radiovaldo Costa do PT, naturalmente Luciano deveria ter sido sacramentado como o pré-candidato petista. Mas isso não aconteceu e a cada dia seu nome fica mais distante da disputa majoritária. O PT, aparentemente, avalia outras opções. O interessante será saber como o partido sairá desta camisa de força na qual está preso.

Sem força I

A pré-candidatura de Sônia Fontes à Prefeitura de Alagoinhas está perdendo força. O prefeito Paulo Cezar, que anunciou sua decisão para dezembro, voltou atrás e só apresentará o nome situacionista que concorrerá ao Executivo depois do Carnaval, mais provavelmente em março. Esta estratégia indica claro enfraquecimento de Sônia Fontes. Embora não sejam homens de têmpera e de opiniões claras, muitos correligionários cezistas se colocam (nos bastidores) contra a pré-candidatura.

Sem força II

De outro lado, resistências em importantes segmentos sociais de Alagoinhas estariam sendo detectadas pelos construtores da pré-candidatura sonista. Diante disso, os conselheiros políticos da secretária já discutem como plano B sua candidatura à Câmara de Vereadores. Conhecedor das reentrâncias políticas de Alagoinhas, o prefeito Paulo Cezar sabe que o eleitorado não aceitará candidatura majoritária imposta goela abaixo. Voltar atrás neste caso, se Sônia não crescer até março e nem agregar apoios do grupo situacionista, será a atitude mais sábia do prefeito.

Grupo Azi

Secretário do prefeito Paulo Cezar, cujo nome a coluna mantém sob sigilo, em conversas com o editor do site, aponta inúmeros defeitos do grupo Azi. Alguns adjetivos desqualificativos são impublicáveis. Pergunta dirigida ao gestor de importante pasta do governo municipal: Só agora, depois de sete anos de convivência, é que você descobriu os defeitos do grupo Azi? Não houve resposta.

Rede

Dirigentes da Rede Sustentabilidade na Bahia estarão em Alagoinhas no início de janeiro para traçarem, juntos com o vereador Radiovaldo Costa e seu grupo político, as primeiras ações do partido no município. Alagoinhas será prioridade estratégica da Rede em 2016 e nos anos seguintes, independentemente do resultado eleitoral.

$$$?

Quanto custará uma candidatura vitoriosa à Câmara de Vereadores de Alagoinhas em 2016? Alguns falam em R$500 mil, outros em R$ 300 mil, e os mais “modestos” em “exíguos” R$200 mil. Campanha virou negócio para quem tem muita grana disponível e está disposto a investir na roleta russa da política.

Mensagem

No início dos trabalhos legislativos de 2016, o prefeito Paulo Cezar apresentará sua oitava e última mensagem ao parlamento municipal. Certamente fará o balanço de sete anos de mandato e apontará caminhos de sua gestão para o último ano de administração, que se avizinha com dificuldades por conta do emperramento da economia nacional. Concomitantemente, o prefeito governou (governa) Alagoinhas em períodos de Lula e Dilma, no plano federal, e com Wagner e Rui Costa, na esfera estadual.

SAAE

A despeito do esforço do atual gestor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Caio Castro, que alcançou resultados positivos em quatro meses, no conjunto negativo da obra a autarquia será um dos principais motes da campanha de 2016, com potencial para tirar muitos votos do (a) candidato (a) situacionista. A falta d´água e a regularidade na cobrança irritam os consumidores, que são eleitores.

Insegurança

Dirigentes municipais do PV, PSDB e PMDB continuarão vivendo nos primeiros meses de 2016 momentos de grande insegurança. Eles não aceitam a imposição vertical do apoio à candidatura do médico Joaquim Neto (DEM), que por ser momentaneamente o nome mais forte do arco netista deverá contar com as bênçãos do prefeito soteropolitano e de seus aliados. O que vale para Paulo Cezar também é válido para ACM Neto: os dirigentes partidários locais e segmentos dos eleitores não aceitarão imposição goela abaixo. Afinal, caminhar com Joaquim é dose para elefante. E mais ainda: é referendar suas práticas heterodoxas na Prefeitura de Sátiro Dias que não cabem em Alagoinhas.

Otimistas demais?

Articuladores da pré-campanha de Renato Almeida (PV), ex-secretário de Fazenda da Prefeitura de Alagoinhas (2009/2015), projetam índices otimistas para o mês março. Acreditam que Almeida fechará o primeiro trimestre de 2016 com no mínimo 10%, podendo chegar a 12%, índices que registrariam crescimento exponencial. Há quem duvide desta perspectiva bastante otimista. Mas o tempo dirá quem tem razão.

Candidato

O jornalista Tárcio Mota, assessor do deputado estadual Joseildo Ramos, é um dos possíveis nomes do Partido dos Trabalhadores visando disputar a eleição para a Câmara de Vereadores. Juventude e preparo intelectual sempre serão bem-vindos ao “mundo” da política.

Cientistas Políticos

Alagoinhas é uma das cidades onde mais são encontrados cientistas políticos por metro quadrado. Apresentam projeções eleitorais e alternativas para que todas as questões sejam resolvidas. Muitos não leram sequer um livro sobre política e nem sabem quem foi Maquiavel. O debate, raso no geral, é empobrecido e não dá conta da complexidade política de Alagoinhas.

2016

Em 2016, o Alagoinhas Hoje continuará trabalhando para se manter na posição de principal site de política do município e o veículo de comunicação que mais publica matérias exclusivas. Que venham os novos concorrentes, porque na política local conquistamos a preferência dos leitores, a quem agradecemos pelas visitas diárias.

Teles

Distante das páginas dos sites de Alagoinhas, o superintendente da BAHIATER, Elionaldo Teles, passou a se movimentar nos últimos dias na tentativa de cauterizar as feridas do PT municipal. Obteve pouco progresso porque o processo de gangrena partidária está avançado, apesar dos discursos públicos em contrário. Contudo, a presença de Elionaldo na vida partidária do PT veio a calhar. O que ele tem a dizer sobre o imbróglio no qual está envolvida sua sigla? Vereador por duas vezes, presidente do parlamento municipal, secretário de Governo da Prefeitura de Alagoinhas e candidato ao Executivo em 2008, ele certamente tem contribuições a oferecer.

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje