BATE PRONTO 91

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) continua na berlinda pelos péssimos serviços prestados aos usuários. Parece que a autarquia é ingovernável e nos próximos dias terá um novo gestor, pois o atual, Caio Castro, já estaria arrumando as malas. A experiência, ao que tudo indica, não está sendo das melhores. A administração Paulo Cezar não acertou a mão e deixará a empresa em maus lençóis (que não são freáticos) para a gestão que assumirá em 1º de Janeiro de 2017.

 SAAE I

Morador do Parque Diesel, nas proximidades do 2 de Julho, levou na tarde desta terça-feira à sede o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) amostra da água que está sendo fornecida pela autarquia. Os consumidores pagam as contas e recebem algo (que não pode ser chamado de água) imprestável, completamente improprio para o consumo humano.

ÁGUA-SUJA

SAAE II

Caio Castro, diretor geral do SAAE, que nem completou quatro meses à frente da autarquia, poderá dar adeus à empresa. Vai mudar de endereço e assumirá a Secretaria de Administração no lugar de Jean Ander, que será exonerado nos próximos dias em razão de seu alinhamento político com o ainda secretário da Fazenda Renato Almeida.

SAAE III

O advogado Paulo Pinto é o mais cotado para assumir a direção geral do SAAE em substituição ao atual gestor, que aparentemente é o maior polivalente do governo Paulo Cezar.

Cunha I

O deputado federal João Carlos Bacelar (PR), mais conhecido como Jonguinha, votou hoje no Conselho de Ética contra o prosseguimento do processo que tem como personagem central Eduardo Cunha. Demonstrou mais uma vez pertencer à tropa de choque cunhista. Belo exemplo de alinhamento às avessas. O que o PR de Alagoinhas tem a dizer sobre o voto do presidente estadual da legenda? A fatura será cobrada na campanha.

Cunha II

Erivelton Santana (PSC) também votou contra a admissibilidade do processo de cassação de Eduardo Cunha. O que o PSC de Alagoinhas tem a dizer sobre o voto de Santana? Não há orador nesta hora para justificar a atitude de compadrio com Cunha.

Cunha III

Cacá Leão (PP), filho do vice-governador João Leão, também demostrou lealdade leonina e canina ao presidente da Câmara dos Deputados. Votou contra a admissibilidade do processo. Se deu mal, a exemplo dos outros dois parlamentares baianos. O PP de Alagoinhas tem  explicação plausível para o voto de Cacá?

Cunha IV

Paulo Azi (DEM) votou pelo prosseguimento do processo e contra os interesses de Eduardo Cunha. Azi não terá que explicar seu voto, que certamente está em consonância com a maioria dos eleitores que representa em Brasília.

Já vai?

O superintendente da SMTT, Anderson Baqueiro, filiado recentemente ao PR e com controle da legenda no município, estaria em busca de uma nova sigla. O casamento político com o Partido da República, aparentemente, pulou o período da lua de mel e chegou rapidamente à crise dos sete anos. A conferir.

Seleção

Vem chumbo grosso contra o processo de contratação da Suprema Concursos & Consultoria, responsável pela seleção de profissionais para a Secretaria Municipal de Saúde.

Pesquisa

Nos próximos dias, o Alagoinhas Hoje publicará os resultados de nova pesquisa (a terceira) do instituto P&A, que fez duas avaliações eleitorais no município. A partir de 1º de Janeiro as pesquisas que forem publicadas terão que ser registradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Logo depois do carnaval, a P&A realizará outra pesquisa em Alagoinhas. Neste período, o jogo já terá mais definições.

Saúde

O inacreditável acontece? Fonte do Alagoinhas Hoje aposta que a administração municipal estaria dialogando com o médico Joaquim Neto (DEM), pré-candidato à Prefeitura de Alagoinhas, com intuito bem definido: obter de Neto a indicação de um nome para a Secretaria Municipal de Saúde. Nem Nelson Rodrigues, craque com as palavras e inventor do “Sobrenatural de Almeida”, entenderia esta jogada do governo cezista.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje