BATE PRONTO 3

O Alagoinhas Hoje publica a terceira edição da Coluna Bate Pronto, cujo objetivo é levar aos leitores informações de bastidores, que possam traduzir o que se passa na política  do município e das cidades vizinhas, com as quais mantemos algum tipo de proximidade.  Nesta coluna, você lerá notas quentes sobre a politica da cidade. Algumas exclusivas.

Desconforto

Na sessão da última terça-feira, o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Mendes, estava visivelmente desconfortável com a situação a imposta a ele: aprovar e aprovar a ata da sessão de 27 de Dezembro. A missão foi cumprida.

SEDUC

O deputado federal Luiz Argolo esteve discretamente na Secretaria Municipal de Educação há mais ou menos 15 dias. Com sua altura, seria impossível passar despercebido. Qual foi a pauta entre ele e o secretário Caio Castro?

Pressões

Comuns na política, as pressões internas sobre o secretário Caio Castro aumentam no governo e tem gente que quer vê-lo pelas costas. Seu espaço está incomodando o núcleo duro de PC. Que é restrito.

Ausências

Os vereadores Jorge da Farinha e Raimunda Florêncio não estiveram na sessão de terça-feira, quando as discussões da ata que não existia dominaram os debates. Eles deram recados ao governo?  Ambos estão muito insatisfeitos com o tratamento governamental.

Comunicação

O governo prefere agir em surdina visando calar a imprensa do que se abrir para o debate. Não adianta retirar o sofá da sala numa manobra diversionista e acreditar que tudo foi resolvido.

Camisas

Duas pessoas que participam do governo não gostaram de nota publicada em coluna anterior sobre a sofisticação das camisas usadas por gente do primeiro escalão. A nota foi considerada “baixo jornalismo”. O site discorda.

Dinheiro

O valor roubado da Prefeitura de Aramari foi o mesmo sacado no Banco do Brasil? Há informações que existe discrepância entre uma quantia e a outra.

Jornalismo

Na tentativa de contestar o trabalho jornalístico do Alagoinhas Hoje, preposto do governo afirmou que o site está a serviço do ex-secretário Juscélio Carmo. Pura idiotice e falta de compreensão do jornalismo. Coisa de parvo e atoleimado. 

Incomodar ou acomodar?

Causar incômodos aos que estão no poder é a essência do jornalismo. Acomodação é a mercantilização do fazer comunicacional.

Erros

Secretário municipal precisa ter mais cuidado com o que escreve no Facebook. Respeitar a língua pátria é obrigação de todos nós. Em poucas linhas, ele conseguiu cometer erros inaceitáveis. Melhor seria instalar a “Escolinha do Professor Raimundo” na prefeitura.

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje