BATE PRONTO 105

Alagoinhas019

Alagoinhas, em algumas eleições municipais, se depara com certas situações que só o Barão de Itararé poderia descrever. Há muitos anos – os mais jovens certamente não se lembram – Tabaco foi candidato à Câmara de Vereadores. Felizmente, não ganhou e se tornou desnecessário chamá-lo de Vossa Excelência. Coisas da política. Agora, figuras histriônicas participam da disputa eleitoral.

“Candidatinho” I

Candidatinho à Prefeitura de Alagoinhas, ao invés de atacar o editor do site e desta coluna, deveria resolver seus problemas com a justiça baiana. Os oficiais de justiça do fórum de Alagoinhas já gastaram muita sola de sapato à sua procura. Uma frase do Barão de Itararé – Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância – não serve ao bufão. Ele não tem consciência de sua ignorância e menos ainda da falta de votos. É ignorante ao quadrado.

“Candidatinho” II

Quem não consegue administrar seus negócios tem competência para ser prefeito de Alagoinhas? Até o candidatinho, com sua turva massa encefálica, é capaz de responder tal questionamento em provinha de “marcar”. É caso patológico da psiquiatria e da matemática.

“Candidatinho” III

Só um arrivista, irrefletido, lunático, sem tino político (e para os negócios) é capaz de manter discurso que o coloca dentre os principais postulantes à Prefeitura de Alagoinhas. Leitor da coluna afirma que “ele é muito sabido”. Pergunta-se: onde está a sabedoria deste energúmeno? Talvez, esteja em negociar uma mercadoria que não tem: votos. 

MCMV

Após matéria sobre a possível convocação pela Câmara de Vereadores da secretária de Assistência Social para explicar os critérios utilizados na elaboração da lista dos contemplados do programa Minha Casa Minha Vida, leitores do Alagoinhas Hoje entraram em contato para fazer denúncias. Algumas são graves. É preciso investigar se elas são verdadeiras ou meras especulações de quem está frustrado por não ter conseguido unidade habitacional.

Redes Sociais

Quem está jogando todas as fichas eleitorais nas redes sociais poderá se dar mal. Menos da metade da população de Alagoinhas tem Facebook e WhatsApp. Informação importante na montagem das estratégias eleitorais de todos os pré-candidatos. Inegavelmente, as redes sociais terão mais peso do que tiveram em 2012, mas superestimá-las poderá ser erro fatal.

Super secretário

Com a saída de João Rabelo (PSD) da Secretaria de Governo, Jessé Bico de Pena (PTC), que comanda a Secretaria de Relações Institucionais, deverá acumular as duas pastas nos próximos meses, pelo menos até a eleição de 2 de outubro. Com isso, Bico de Pena estará no núcleo principal da campanha de Sônia Fontes(PSB).

Juras de amor

Roberto Costa, secretário de Cultura, Esporte e Lazer, faz juras de amor à candidatura de Sônia Fontes (PSB). Postou no Facebook, sem citar o nome da preferida do prefeito, o número 40 como o melhor para Alagoinhas. A postura de Robertão indica que ele rachou com o grupo do deputado federal Paulo Azi (DEM), responsável por sua indicação para o primeiro escalão do governo cezista. Resta saber se foi atitude espontânea ou uma exigência. Experiente, o secretário sabe que lançou sua sorte. Poderá se dar muito bem se Sônia Fontes (PSB) ganhar ou muito mal se Joaquim Neto (DEM) for o vitorioso.

Híbridos

O racha entre os grupos cezista e azista oportunizou o aparecimento de vereadores híbridos: apoiam a pré-candidatura de Joaquim Neto (DEM) e permanecem na base de sustentação do prefeito Paulo Cezar, sem vinculação com a pré-candidatura de Sônia Fontes (PSB). Com isso, pensam no presente, conseguindo auferir vantagens em função da proximidade com o governo, e miram o futuro ao apostarem na vitória do demista.

Viagens

Nos últimos meses, na surdina, vereadores de Alagoinhas viajaram muito. Quatro deles estiveram em Foz do Iguaçu, paradisíaco município do Paraná e um dos principais destinos turísticos do Brasil. Bastou atravessar a fronteira entre o Brasil e Paraguai para os “vereadores turistas” estarem em Puerto Iguazú e Cidade do Leste. Uma pergunta: eles compraram “coisitas” nestas duas cidades? São ruins as vidas de nossos vereadores.

Renovação

Projeções, embora sem bases técnicas, indicam que a renovação da Câmara de Vereadores de Alagoinhas poderá atingir 50% dos atuais ocupantes das 17 cadeiras. Espera-se que a próxima legislatura seja melhor do que a atual.

Frase

Frase de Ulysses Guimarães para o candidatinho, que não gosta da verdade e se jacta de ser raivoso (já enfrentei contendores com mais competência, inclusive na área cangaceira): “A liberdade de expressão é apanágio da condição humana e socorre as demais liberdades ameaçadas, feridas ou banidas. É a rainha das liberdades”.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje