Assembleia de trabalhadores terceirizados na Câmara de Vereadores decidirá rumos do movimento grevista

Na segunda-feira, 23, a partir das 8 horas, os trabalhadores de Alagoinhas da Delta, Flex e LC, empresas que prestam serviço à Secretaria Estadual de Educação, realizam assembleia na Câmara de Vereadores para discutir e encaminhar as ações do movimento grevista.

Sem receber os salários de Agosto, os tíquetes alimentação e vales transportes os trabalhadores entraram em greve e as 17  escolas estaduais que funcionam em Alagoinhas estão com suas atividades comprometidas, em maior ou menor grau, nesta sexta-feira, com graves prejuízos para os estudantes.

A continuidade da greve comprometerá na próxima semana o funcionamento de todas as escolas estaduais de Alagoinhas.

O deputado Joseildo Ramos está tentando articular soluções para o impasse.

As empresas alegam que não pagam porque não recebem suas faturas da Secretaria Estadual de Educação.

A falta de dinheiro está criando graves problemas para vários segmentos prestadores de serviço ao governo do estado.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje