TV aberta bate novo recorde em investimento publicitário

FOTO TVO mercado publicitário brasileiro cresceu 7,6% entre o mês de janeiro e o de outubro de 2012, com faturamento total de R$ 24,580 bilhões.

Os dados são do Projeto Inter-Meios, do Grupo Meio & Mensagem, coletados em parceria com a PriceWaterhouseCoopers.

No período, o investimento publicitário em TV aberta bateu um novo recorde: em apenas dez meses, o meio abocanhou 64,7% do total investido em mídia, contra os 63,3% aplicados durante todo o ano anterior.

Esta é a maior marca alcançada desde o início do estudo, em 1990. Os números devem aumentar com a inclusão dos dados de novembro e dezembro.

O desempenho da TV é retrato do momento econômico morno em relação às expectativas de crescimento do país, diz José Carlos de Salles Gomes Neto, presidente do grupo Meio & Mensagem. “A TV garante uma resposta muito rápida e massiva, e quando o mercado está retraído ela acaba atraindo mais anunciantes”, explica.

A expectativa é que o setor como um todo tenha fechado 2012 com alta de 9% a 10%. “É um dado favorável de mercado, levando em consideração o desempenho do PIB brasileiro, na faixa de 1%”, afirma Salles Neto.

Altos e baixos

Segundo o relatório, o meio que apresentou maior salto em faturamento publicitário foi o cinema, com alta de 15,5%. Ele é seguido por TV por assinatura, que faturou 13,5% mais com venda de espaço para anunciantes em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre as maiores quedas figuram Guias e Listas, que perderam 14% da performance, e Revistas, com recuo de 3,8%.

Fonte: Exame

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje