Secretaria da Educação planeja a execução da 10ª etapa do Topa

Representantes de entidades dos movimentos social e sindical e de prefeituras, que são parceiros do Todos pela Escola (TOPA), na área do Núcleo Territorial de Educação (NTE 26) participaram, nesta quarta-feira (9), da reunião de planejamento para a 10ª etapa do programa. Na atividade, realizada no auditório da Secretaria da Educação do Estado, estão sendo discutidas todas as ações, da logística à pedagogia, de modo a garantir o êxito da 10ª etapa do Topa, que beneficiará cerca de 15 mil jovens acima de 15 anos, adultos e idosos em toda a Bahia.

A coordenadora de Projetos Especial da Secretaria da Educação do Estado (COPE) à qual o Topa está vinculado, Elenir Alves, diz que o planejamento é necessário, principalmente por causa do calendário escolar. “Teremos uma etapa atípica porque o processo de alfabetização vai se estender até abril de 2018 e teremos aulas durante o verão, tendo que montar cronogramas específicos, porque é um período em que muitos dos alfabetizandos precisam se ausentar para trabalhar”, afirmou.

Para a alfabetizadora Marly Silva Pimentel, que ministra aulas na Escola Municipal de Plataforma, este momento é estratégico para esclarecer as dúvidas e alinhar o cronograma. “Estas reuniões são importantes para nós alfabetizadores, pois é aqui que tiramos todas as nossas dúvidas sobre como conduzir uma nova etapa que começa. Para que a gente tenha um bom desempenho em sala de aula, com nossos alfabetizandos, precisamos de planejamento e é isso que a capacitação está nos fornecendo”, declara.

Já a coordenadora Ana Cristina Lima, da Associação Recreativa Desportiva de Itacaranha, em Salvador, avalia que o planejamento fortalece a alfabetização. “O planejamento é muito importante para que os alfabetizadores, junto com os coordenadores, inclusive os novos, tirem todas as dúvidas e esclareçam todo o processo de trabalho de ensino e aprendizagem. É uma preparação para, quando chegar na aula, tudo seja repassado com transparência e maturidade aos nossos alfabetizandos. O êxito no processo de construção do trabalho está sendo gratificante para todos nós”, comemora.

Topa

O Programa Todos pela Alfabetização já possibilitou que mais de 1,5 milhão de jovens acima de 15 anos, adultos e idosos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, fossem alfabetizados. Ao assegurar a alfabetização, o Topa também promove resgate da cidadania para estas pessoas.

 

Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje