Reforma de ACM Neto cria Secretaria da Cidade Sustentável, desmembra Educação e Transportes e extingue Comunicação

O prefeito eleito ACM Neto (DEM) entregou a proposta de reforma administrativa para que o atual gestor, João Henrique (PP), submeta à aprovação da Câmara de Vereadores. O novo prefeito pretende iniciar o mandato com a nova estrutura aprovada pelos vereadores. Além do futuro secretário da Fazenda, Mauro Ricardo, que virá de São Paulo para Salvador, nenhum outro nome foi confirmado. A reforma aumenta de 11 para 12 o número de secretarias municipais e prevê pequenas alterações na estrutura interna da administração. “Hoje o modelo discutido procura atender o compromisso que fiz com a cidade na campanha eleitoral. Quando assumirmos a Prefeitura, pode ser que algumas mudanças aconteçam na estrutura direta”, explicou Neto.

As principais mudanças foram na secretaria da Educação, que se desmembra da Cultura, Esporte e Lazer para se dedicar exclusivamente ao tema e deve continuar sob o comando de João Carlos Bacelar. “Subtraídas essas duas funções e criadas duas diretorias, ela vai se fortalecer”, explicou. O novo gestor também afirmou que, com a criação da secretaria do Desenvolvimento, Turismo e Cultura, pretende elevar os dois setores ao primeiro escalão “pela importância que eles representam para a cidade”. “Quero usar esses dois temas como elementos fundamentais para arrecadar recursos. Precisávamos de uma secretaria que ativasse as forças econômicas para a cidade”.

A proposta de reforma administrativa também prevê a criação da secretaria da Cidade Sustentável, responsável pela melhoria da qualidade de vida da população assegurando o cumprimento dos compromissos das metas do milênio. “Vamos tratar da política do meio ambiente com o que há de mais moderno no Brasil e no mundo”, garantiu. A nova estrutura também prevê a extinção da secretaria de Comunicação, que passa a fazer parte da Casa Civil, a qual também vai coordenar ações estratégicas do governo e acompanhar o cumprimento e elaboração das metas de toda a estrutura do município

Veja abaixo como ficará a estrutura da administração na gestão de ACM Neto:

1. Casa Civil
2. Gestão
3. Fazenda – Mauro Ricardo*
4. Desenvolvimento, Turismo e Cultura
5. Promoção Social e Combate a Pobreza
6. Reparação
7. Ordem Pública
8. Urbanismo e Transporte
9. Cidade Sustentável
10. Infraestrutura, Habitação e Defesa Civil
11. Educação
12. Saúde

*Único nome confirmado oficialmente pelo prefeito eleito.

Fonte: Política Livre

 
Imprimir

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje