Reforma administrativa criará duas secretarias e 25 cargos de confiança

No projeto lei enviado à Câmara de Vereadores, o prefeito de Alagoinhas, Paulo Cezar, propõe a criação de duas novas secretarias – Secretaria de Relações Institucionais (SECRI) e Secretaria de Comunicação (SECOM). Para as duas secretarias, além dos dois cargos de primeiro escalão, serão criados 13 cargos de confiança – de CC2 a CC4.

Para a Secretaria de Relações Institucionais foi proposta a criação do cargo de Subsecretário, até então inexistente no organograma da Prefeitura de Alagoinhas. O mesmo cargo deverá ser criado nas secretarias de Educação, Saúde, Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente.

Segundo Juscélio Carmo, secretário de Governo, a criação do cargo se justifica em função da grande demanda de serviços que recai sobre as quatro secretarias. “A proposta de criação de 25 cargos em secretarias municipais obedeceu o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e não comprometerá o orçamento da prefeitura “, afirmou o secretário ao Alagoinhas Hoje.

Os subsecretários terão vencimentos de aproximadamente R$7 mil.

A administração municipal  propôs a extinção da Coordenação Especial de Participação Popular (COEP) e a criação da Diretoria de Participação Popular, que ficará no organograma da Secretaria de Governo.

A Gerência de Projetos (GEPRO) também será extinta e em sua substituição surgirá a Diretoria de Projetos e Captação de Recursos, alocada na Secretaria de Infraestrutura. A Assessoria Especial de Estatística e Integração Intersetorial será extinta.

Outros cargos serão criados, de acordo com Juscélio, objetivando adequar a máquina pública municipal ao momento de grande desenvolvimento que Alagoinhas atravessa. “Da Prefeitura são exigidas respostas rápidas e instâncias administrativas capazes de suprir as novas demandas”, salientou para justificar a criação dos 25 novos cargos de confiança.

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje