Projeto de lei que cria cargos no SAAE não foi votado na sessão de hoje da Câmara de Vereadores

A divisão entre os vereadores que compõem a base governista na Câmara de Vereadores de Alagoinhas impediu a votação do projeto de lei que cria cargos no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) na sessão de hoje, a última do semestre.

Agora, existem duas alternativas: convocar extraordinariamente o legislativo no mês de Julho, com as  devidas despesas, ou protelar a votação para o período ordinário, que recomeça apenas em Agosto.

O staff  do SAAE atuou para que a aprovação do projeto de lei acontecesse ainda no primeiro semestre, mas não obteve êxito.

A criação do cargo de Controlador é uma exigência legal e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) já notificou o diretor geral da autarquia, Sylvio Farias Vianna, pela inexistência da função no organograma da empresa.

Haverá ainda a criação do cargo de Procurador Autárquico.

 

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje