Presidente do PTdoB denuncia assédio para apoiar chapa de Rui

A presidente do PTdoB na Bahia, Dilma Gramacho, que já havia firmado compromisso com a chapa da oposição, encabeçada pelo candidato a governador Paulo Souto (DEM), denunciou hoje que os candidatos do partido estão sendo assediados para trocar de lado e apoiar o candidato do governo, Rui Costa (PT). “Estão fazendo chantagem com o partido para desestabilizar a nossa legenda. A chapa de Rui, através de uma pessoa chamada Lomba. É um empresário que está ligando para os nossos candidatos para que eles assinem uma ata apoiando Rui. Não tem porque assinar essa ata. Nós temos palavra e vamos cumprir essa palavra. Não existe possibilidade alguma de apoiar o PT.

Não vamos trair a parceria com os partidos da frente Jorge Aleluia”, explicou ao Política Livre. Questionada pela nossa reportagem se alguém da base governista entrou em contato pedindo que o partido assinasse essa ata, a presidente negou. “Até agora não. Nós só falamos com o deputado Nelson Pelegrino, por quem temos um apreço muito grande, mas não tratamos sobre essa ata”, garantiu. Questionada sobre o motivo de não apoiar o PT, já que a legenda deu apoio a Pelegrino em 2012, quando ele foi candidato a prefeito de Salvador, Gramacho foi incisiva. “Primeiro porque eles não cumprem nenhum acordo político, eles não cumprem nunca. Depois porque já fechamos acordo com a chapa majoritária de Paulo Souto. Em hipótese, alguma vamos apoiar o PT”, concluiu.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje