Presidente do PT minimiza aproximação de partidos com vistas à eleição de 2014

JONAS PAULOApesar do adiantamento nas articulações prol 2014, entre o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), e o presidente estadual do PP, deputado federal Mário Negromonte, a movimentação não incomodou o PT, conforme garantiu o presidente da sigla na Bahia, Jonas Paulo.

O dirigente petista minimizou a situação e preferiu apostar na unidade entre todos que integram a base de sustentação do governo Wagner no próximo embate.

Segundo ele, as conversações existentes são naturais. “O tempo é esse mesmo”, traduziu ao rechaçar teses de divergências ou até mesmo rupturas na base. Jonas reconheceu que os aliados usam de táticas para a eleição que irá escolher o sucessor do governador Jaques Wagner, porém destacou que isso não deve atrapalhar, pois todos ainda estão envolvidos em uma só meta de continuidade do projeto, iniciado com a primeira eleição do PT, em 2006.

“A hora é essa de conversar, conversar e conversar”, repetiu convencido de que os integrantes da base têm se movimentado livremente. Leia mais na Tribuna.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje