Partido dos Trabalhadores de Alagoinhas perde 52 filiados

LOGOMARCA PT

Pedro Sobral, Juci Cardoso, Clécio Oliveira e Cláudia Campos, que compõem o Elo Municipal (coordenação) da Rede Sustentabilidade em Alagoinhas, entregaram ontem (26) à vice-presidente do PT, Edjnajara Santos Lima, 52 cartas de desfiliação do Partido dos Trabalhadores. 

Três membros da família Schramm, que se filiaram em junho de 1981, estão entre os ex-petistas. 

Adelson de Jesus Gomes, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoinhas, filiado desde 1985, também saiu do PT. Seu filho, Adelson de Jesus Gomes, deixa a sigla após quase cinco anos de filiação. 

Antônio Lino de Amorim, funcionário do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), é agora ex-petista. Lino estava no partido desde 2003.

Ednaldo dos Reis Lima, secretário-geral do Sindicato dos Comerciários, é outro que compõe a lista de desfiliados da legenda lulista.

Paulo Sérgio Silva, que militou no Sindicato dos Rodoviários, também deixou o partido.

Os três – Lino, Ednaldo e Paulo – foram candidatos pelo PT à Câmara de Vereadores de Alagoinhas.

No total, 52 desligamentos de filiados e militantes petistas foram entregues ontem à direção partidária local.

Segundo Pedro Sobral, uma nova lista será fechada nos próximos dias e terá o nome do advogado Adrião Barbosa Fonseca, presidente do Sindicato dos Comerciários. Adrião já anunciou publicamente sua saída do PT e o apoio à pré-candidatura de Radiovaldo Costa à Prefeitura de Alagoinhas. 

Sobral afirmou ao Alagoinhas Hoje que outras desfiliações do PT são esperadas. “Há grande insatisfação interna no partido e as pessoas estão buscando novos caminhos. Muitos se filiarão à Rede, outros apoiarão Radiovaldo mesmo sem filiação partidária”, frisou Sobral, acrescentando “que existem pessoas que se manterão no PT, mas votarão no candidato da Rede, porque se posicionam de forma autônoma”. 

Ele reafirma a importância do apoio à pré-candidatura de Radiovaldo de ex-militantes históricos do PT, que ajudaram a construir coletivamente o partido e participaram das vitórias eleitorais de 2000 e 2004, como também dos embates seguintes (2008/2012), quando a legenda não logrou êxito na disputa pela Prefeitura de Alagoinhas. 

O presidente do PT de Alagoinhas, Edinaldo Oliveira, está temporariamente afastado do dia a dia da legenda. Lívia Maria, do diretório municipal do PT, participou ao lado de Ednajara, do recebimento oficial das cartas de desfiliação. 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje