Onde estão as pedras portuguesas de Alagoinhas?

Depois de retirar as pedras portuguesas do passeio do Colégio Santíssimo Sacramento, prepostos da Prefeitura de Alagoinhas, aparentemente com uma volúpia pedregosa, continuam destruindo os passeios da cidade e sumiram com as pedras do canteiro que fica em frente ao Banco do Brasil.

Fizeram um arremedo de obra para tentar justificar o “sequestro” das pedras.

A Secretaria de Infraestrutura tem a obrigação de esclarecer os motivos da destruição e o destino das pedras, que são patrimônio público e não podem desaparecer em um passe de mágica.

Aparentemente, alguém da Prefeitura de Alagoinhas odeia as pedras ou as ama demasiadamente.

Como sempre, a estratégia governamental será contar com o esquecimento público de seus atos pouco ortodoxos.

Governos podem muito, mas não podem tudo.

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje