Ocupante de cargo de primeiro escalão hospedou banda em sua residência

Muitos fatos curiosos acerca da micareta começam a aparecer e demonstram o nível de amadorismo (será apenas isso?) de algumas situações.

As componentes de uma banda ficaram hospedadas na residência de uma figura importante (sic) do primeiro escalão do governo, que tem poder de decisão em questões organizacionais da festa.

Ninguém tem nada a ver com a intimidade entre quem exerce função de primeiro escalão e qualquer banda, desde que isso não represente favorecimento ou negociações nada republicanas.

Certamente a atitude não foi para economizar recursos com hospedagem em algum hotel de Alagoinhas.

Economia não é regra do governo municipal.

Quais as justificativas para um gesto tão cortês?

O cachê da banda não foi tão “baratinho”

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje